Polí­cia

Foto: Divulgação

Neste mês de julho, o Tocantins vive um período marcado por grandes eventos em função das férias escolares e também da Temporada de Praias na afluência dos rios Araguaia e Tocantins. Época de redobrar a segurança – uma responsabilidade tanto do poder público, por meio de seus órgãos de segurança, quanto da sociedade, que deve ficar mais atenta.

Por determinação do Comando Geral da Polícia Militar, o Comando do Policiamento do Interior (CPI) e o Comando do Policiamento da Capital (CPC) desenvolverão nesse período atividades de policiamento ostensivo/preventivo, com atividades de orientação, educativas, pró-ativas e repressivas, já que neste mês de julho, principalmente nos finais de semana, famílias inteiras acampam nas diversas praias da região, sem falar nos eventos de grande porte – a exemplo de shows - que costumam reunir milhares de pessoas que buscam o lazer nessa temporada.

O policiamento durante este mês de julho, segundo a PMTO, não vai alterar o trabalho do efetivo já existente no Estado. “A determinação é pela garantia da segurança e integridade física das milhares de pessoas, não somente do Tocantins, mas de outros estados do País que visitam o Estado para conhecer suas belezas. Além do efetivo em cada localidade, haverá reforço policial para que as pessoas possam curtir esse período com tranquilidade e segurança”, disse o comandante-geral da PMTO, coronel Marielton Francisco dos Santos.

Junto com a Polícia Militar, são parceiros na operação o Corpo de Bombeiros, Marinha do Brasil, IBAMA, polícias Civil e Federal, prefeituras municipais, Ministério Público, organizadores dos eventos, conselhos tutelares, Naturatins, Juizado da infância e Juventude, associações de barqueiros, CIPAMA, entre outros.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ PM