Polí­cia

Foto: Divulgação

Por volta das 19h:30, de ontem, 07, a Polícia Civil realizou no Setor Taquari, Rua T 32, a reconstituição do atropelamento do bebê de apenas 06 meses, que estava no colo da mãe quando foi atingido por um carro. O condutor e as outras três pessoas que estavam no veículo, e a mãe da criança participaram da reconstituição.

A ação foi comandada por quatro peritos, com a participação de cinco agentes e um escrivão. Contou ainda, com o acompanhamento do delegado responsável pelo caso, da Delegacia de Repressão ao Crime de Trânsito, Alberto Carlos Rodrigues Cavalcante.

De acordo com o delegado, a Polícia Científica tem dez dias para entregar o laudo, que será anexado ao inquérito policial. Ainda de acordo com Aberto Carlos, o motorista do carro, Rodrigo Paiva da Cruz, de 28 anos, vai ser indiciado por homicídio doloso. Se condenado, Rodrigo pode pegar de 06 a 30 anos de prisão.

Entenda o caso

Na madrugada do dia 10 de outubro de 2010, por volta das 02hs da madrugada, Jéssica Pereira Silva caminhava com seu filho, de 06 meses, quando foi atingida por um carro.

O motorista que tentava fugir de uma briga, onde as pessoas daquele local começaram a apedrejar seu carro, perdeu o controle do veiculo e acabou atropelando e matando a criança. O autor do atropelamento fugiu do local e não prestou socorro à vítima. Rodrigo e os outras 3 pessoas que estavam no carro só foram identificados no último mês de maio.

Fonte: Assessoria de Imprensa SSJC