Educação

Foto: Rodolfo Ward

O modelo da Educação Integral de Palmas chamou a atenção dos secretários da Educação e da Comunicação de Rondônia, Júlio Olivar e Fred Perillo, que visitaram nessa quarta-feira, 3, a Escola de Tempo Integral (ETI) Caroline Campelo Cruz da Silva, localizada no setor Santa Fé II, inaugurada pelo prefeito Raul Filho em fevereiro deste ano.

Segundo Júlio Olivar, a Escola de Tempo Integral da Capital tocantinense é modelo e irá servir de exemplo para implantação do ensino em tempo integral no estado de Rondônia. “Estou encantado, esse projeto deve incentivar outros estados. É uma ação de boa administração pública com esforço e dedicação dos profissionais da Educação”, declarou o secretário da Educação do Estado de Rondônia.

Visitas

O modelo de Educação de Palmas também foi conhecido esta semana pela coordenadora do Programa Aceleração de Aprendizagem de Rezende, no Rio de Janeiro, que também é colaboradora da “Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro”, realizado pelo Ministério da Educação (MEC) e pela Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudo e Pesquisa em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

ETI

A Escola Municipal de Tempo Integral Caroline Campelo possui 33 salas de aula, uma biblioteca, cinco laboratórios (informática, línguas, físico-químico, ciências, multiuso), um auditório (com capacidade para 350 pessoas), um refeitório (com capacidade para 240 alunos), banheiros (adaptados para portadores de necessidades especiais), duas quadras poliesportiva, um bloco esportivo (vestiários e salas para práticas de esportes como xadrez, tênis de mesa, entre outros), piscina semi-olímpica (semi coberta), piscina infantil (coberta), um campo de futebol, uma quadra de tênis (com marcações oficiais), pista de atletismo e uma caixa de salto.(Ascom/Semed)