Campo

Foto: Juliano Ribeiro
  • O secretário Jaime Café discursa durante o dia de campo em Lagoa da Confusão
  • Diversas palestras foram ministradas por especialistas durante o dia de campo

Produtores de soja de diversas regiões do Tocantins e de outros seis Estados participaram neste sábado, 6 de agosto, de um Dia de Campo sobre soja, organizado pela empresa Uniggel Sementes, no município de Lagoa da Confusão. Estiveram presentes no evento o secretário da Agricultura do Estado do Tocantins, Jaime Café, representando o governador Siqueira Campos e a senadora Kátia Abreu – que realizou uma palestra com o tema “Sustentabilidade no Agronegócio” e discutiu os principais pontos do Código Florestal com os agricultores presentes. Os agricultores presentes também participaram de palestras sobre “Tratamento industrial de sementes de soja” e “Micro-nutrientes da soja”, ministradas por especilistas.

Em sua fala, o secretário Jaime Café focou na potencialidade que o Tocantins tem em produzir soja. “O Tocantins cresceu muito em termos de produção de soja, mas podemos aumentar ainda mais nossa produção e o Governo do Tocantins, por meio da Seagro, tem trabalhado por esse crescimento”, afirmou o secretário, acrescentando ainda: “Queremos apresentar aos produtores o sistema de produção integrado de lavoura-pecuária, que pode potencializar ainda mais nossa produção de soja, que já é uma das maiores do Brasil”.

Os municípios de Lagoa da Confusão, Formoso do Araguaia, Pium, dentre outros, fazem parte da região de várzea – única região do Brasil em que é possível plantar semente de soja no período da safrinha, entre os meses de julho a setembro. Para Fausto Garcia, um dos proprietários da Uniggel Sementes e também produtor de sementes de soja da região, o Tocantins é privilegiado por contar com a região da várzea e poder exportar sementes de soja para os principais mercados produtores.

Em razão da vocação agrícola da região, a senadora Kátia Abreu afirmou que trabalha em Brasília e também em parceria com o Governo do Tocantins para que a primeira Escola Técnica de Irrigação do país seja construída em Lagoa da Confusão.

O Tocantins é o maior produtor de soja da região norte do país, com uma produção anual de 1.014 toneladas de grãos. A área plantada de soja em todo Estado é de 370 mil hectares, porém o secretário da Agricultura prevê que até 2014 essa área seja superior a 500 mil hectares. Os principais municípios produtores de soja no Tocantins são Campos Lindos, Pedro Afonso, dentre outros.

Código Florestal

Em sua palestra sobre o novo Código Florestal – em tramitação no Congresso –, a senadora Kátia Abreu, que também é presidente da CNA - Confederação Nacional da Agricultura, focou nos oito principais benefícios que os produtores rurais terão com a aprovação dessa matéria. Segundo ela, a proposta não é aumentar a área de desmatamento, mas sim gerar condições para ajudar diversos agricultores a saírem da ilegalidade. “Estamos trabalhando na CNA para construir uma nova imagem do produtor rural, que é um importante agente para o desenvolvimento do Brasil”, afirmou a senadora, acrescentando ainda: “Os produtores rurais não são inimigos do meio ambiente”.

O Novo Código Florestal, que é aguardado com ansiedade pelos produtores rurais de todo o país, já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e deve ser aprovado no Senado Federal até novembro, segundo informou a senadora Kátia Abreu.

Participaram do encontro, produtores do Tocantins, Goiás, Mato Grosso, Pará, Maranhão, Bahia e Piauí. Dentre autoridades, também estiveram presentes o prefeito de Lago da Confusão, Neto Lino, e o secretário executivo de Indústria e Comércio, Pedro Ferreira, dentre outros. O Dia de Campo aconteceu na unidade de processamento da Uniggel Sementes, na zona rural de Lagoa da Confusão. A Empresa também possui unidade de processamento em Chapadão do Céu (GO) e um escritório em Palmas (TO). (Ascom Seagro)