Estado

Foto: Rondson Vasconcelos

O corregedor regional eleitoral do Tocantins, juiz federal Marcelo Albernaz, participa do XXX Encontro do Colégio de Corregedores Eleitorais do Brasil. O encontro acontece em São Luís do Maranhão, de 25 a 27 de agosto. Também participam do encontro os Assessores Marisa Webler e Luciano Rodrigues e a Oficiala de Gabinete, Irene Barros.

Nesta quinta-feira, 25, acontece a abertura do evento com a corregedora do Maranhão, desembargadora Anildes Cruz e o presidente do Colégio de Corregedores de Minas Gerais. O destaque da programação é a exposição da corregedora geral da Justiça Eleitoral, Ministra Fátima Nancy Andrighi.

De acordo com Albernaz, o encontro tem sido muito produtivo. Entre as principais discussões está a criação de um fundo especial com base em recursos arrecadados pela própria Justiça Eleitoral para investimento em projetos. “Este encontro é importante por possibilitar que todos os Tribunais conheçam as inovações adotadas em outras regiões e que podem eventualmente ser levadas a outros TREs, melhorando a atuação da Justiça Eleitoral”, afirmou.

Programação

Durante o dia de ontem foi realizado um encontro entre os Assessores de Corregedorias. De acordo com o assessor, Luciano Rodrigues, na reunião foram sugeridas melhorias nos procedimento de Corregedorias. “A principal discussão foi a proposta de realinhamento do direcionamento institucional das Corregedorias Regionais Eleitorais. O direcionamento foi criado em 2005 e esta é a primeira atualização”, explica.

Na sexta-feira participam do encontro a Ministra do Supremo Tribunal Federal, Ministra Carmem Lúcia e o Ministro-substituto do Tribunal de Contas da União, Ministro Augusto Sherman, que falará sobre a aplicação das boas práticas de Governança de TI na Administração Pública Federal.

No sábado, final do encontro, serão realizados os últimos debates que darão origem à Carta de São Luís do Maranhão. (Ascom TRE-TO