Polí­tica

Foto: Divulgação

No mês de setembro estão sendo esperadas várias adesões ao PSDB, Partido do governador Siqueira Campos. Muitas das lideranças que devem aderir são de outros partidos aliados.

A primeira que recebeu o convite para deixar os quadros do PR, do senador João Ribeiro e integrar o Partido de Siqueira é a pré-candidata do governo em Gurupi, secretária e ex-primeira-dama Goiaciara Cruz. Segundo ela revelou no dia 1º de agosto com exclusividade ao Conexão Tocantins o convite veio do governador Siqueira Campos.

Em entrevista nesta quarta-feira, 31, o presidente regional do PSDB, secretário de Indústria e Comércio, Ernane Soares Siqueira pontuou hoje que foi o autor do convite à republicana. “Eu fiz meu papel de presidente e a convidei mas cabe a ela querer ou não”, salientou.

Outro nome confirmado por Ernane ao Conexão Tocantins que irá ingressar na legenda é o do secretário extraordinário de Gestão Hospitalar, Raimundo Boi, atualmente filiado ao PP. Boi já frisou que seu compromisso com a saúde do Estado é até o mês de setembro e pode concorrer à Prefeitura de Miracema do Tocantins.

Também do PR, Otoniel Andrade é outro nome que foi convidado por Ernane para aderir ao partido. “O Otoniel também deve vir”, pontuou. Otoniel é também um dos aliados do grupo do senador João Ribeiro e pode entrar na disputa à prefeitura de Porto Nacional.

Ernane frisou que o PSDB está de portas abertas para todas as lideranças dos muncipios que quiserem entrar na legenda. “Existem vários companheiros que desejam e as portas estão abertas”, disse.

Não descarta

O petista Darci Coelho que esteve no palácio Araguaia com o governador no dia 24 de agosto também não descartou a possibilidade de ingressar ao partido de Siqueira. “Não está descartada essa possibilidade”, frisou.

Darci chegou a afirmar depois do encontro que em 2012 pretende mobilizar seu grupo em prol do candidato do governador. Segundo ele, as divergências entre os dois já foram superadas.

Esvaziamento no PR

Questionado sobre a cogitação de lideranças nos partidos aliados para ingressar no partido, Ernane Siqueira frisou que a decisão é pessoal. No entanto o senador João Ribeiro afirmou esta semana que quem “tentar esvaziar o PR pode estar dando um tiro no pé”. O senador estaria insatisfeito com tentativas de retirar lideranças do partido para ingressar no PSDB.

Comentando sobre o assunto o presidente da Associação Tocantinense de Municípios, Manoel Silvino (PR) frisou não ter conhecimento de algum prefeito ou outros membros do Partido que queiram deixar a sigla para entrar no PSDB. "Isso não é necessário. Todos que estão no PR tem o aval do senador e os que estão no PSDB são do mesmo grupo", frisou.