Saúde

Foto: Marcio Di Pietro

Após oito dias de publicação no DOE – Diário Oficial do Estado, mais de 50 % dos profissionais chamados no concurso do quadro da Saúde ainda não tomaram posse. Os novos servidores têm 30 dias ininterruptos para tomar a posse, a contar da data de publicação, podendo o candidato pedir a prorrogação do prazo e deferimento a critério da Secad - Secretaria da Administração.

Os procedimentos de posse para o cadastro reserva da Saúde podem ser conferidos no endereço www.secad.to.gov.br.

No período de 12 a 16 de setembro, as posses serão desconcentradas para o interior do Estado, podendo o candidato procurar a Regional que lhe for mais próxima, sediadas pelas Diretorias Regionais de Araguaína e de Gurupi. Em Araguaína a regional está localizada na Av. dos Engenheiros, n° 337, setor Jardim Paulista, tel.: 3411 5032. E em Gurupi a Diretoria Regional está localizada na Av. Pará, Quadra B, Lote 06 D, n° 1919, tel.: 365127200

Será considerado desistente e, portanto, eliminado, o candidato que não comparecer nas datas estabelecidas para comprovação dos requisitos exigidos para cada cargo ou não apresentar os documentos exigidos, que são: exame médico-pericial, duas cópias do Ato de Nomeação; duas fotos 3X4 recentes, original de comprovante recente, como titular individual de conta corrente, do Banco do Brasil, em Agência situada preferencialmente dentro do Estado do Tocantins.

Será necessário, ainda, duas cópias acompanhadas dos originais ou duas cópias devidamente autenticadas em Cartório, dos seguintes documentos: comprovante de endereço, documento de identidade, CPF, Certidão de Nascimento ou Casamento (se viúvo(a), acompanhar Certidão de Óbito do(a) Cônjuge, se Separado ou Divorciado, trazer Certidão com Averbação), Título Eleitoral, Certidão de Quitação Eleitoral emitida pela Justiça Eleitoral (também encontrável no site: www.tse.gov.br), documento com o número de inscrição do PIS/PASEP, ou extrato de inexistência e registro (devendo este último ser emitido tanto pelo Banco do Brasil como pela Caixa Econômica Federal), comprovante de escolaridade exigido no respectivo Edital para o provimento do cargo, certificado de Reservista ou Certificado de dispensa da Incorporação, se do sexo masculino (isento para o candidato que tenha 45 anos ou mais de idade), Comprovante de coleta de Informações Previdenciárias, emitida pelo Instituto de Gestão Previdenciária – IGEPREV; (ATENÇÃO: este comprovante será liberado mediante entrega ao IGEPREV de cópia autenticada dos documentos pessoais e dos dependentes do candidato www.igeprev.to.gov.br), Declaração de bens (modelo próprio), Registro do Conselho, caso seja exigido no Edital. (Ascom Sesau)

Por: Redação

Tags: Concurso, Igeprev, Saúde