Polí­tica

Foto: Koró Rocha

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta quarta-feira, 14, o deputado estadual Amélio Cayres (PR) confirmou que está se movimentando na região do Bico do Papagaio, seu território eleitoral de origem. De acordo com ele, no entanto, a intenção é manter a coligação inicialmente conhecida como União do Tocantins (UT), que foi a base inicial de apoio ao governador Siqueira Campos (PSDB).

Amélio frisou que irá priorizar as candidaturas de nomes ligados ao governador independente de legenda. “Nós vamos lançar candidatos em vários municípios, mas vamos respeitar a base da UT. Onde tiverem candidatos na majoritária”, completou.

Da mesma forma como indicou para sua postura eleitoral no Bico do Papagaio, Amélio frisou que pretende seguir a indicação do grupo governista na capital do Tocantins. Contudo, por conta de ligações políticas fora de Palmas, o deputado do PR disse que, caso haja uma disputa eleitoral em Palmas entre Luana Ribeiro (PR) e Marcelo Lelis (PV), ele apoiará Lelis. “Muito por conta do apoio aos meus irmãos em Augustinópolis e Buriti”, completou.

Eleição em Palmas

Durante a última terça-feira, o presidente regional do PSDB, secretário estadual da Indústria e Comércio, Ernane Soares Siqueira coordenou, em Palmas, reunião com todos os presidentes municipais de partidos aliados ao governador Siqueira Campos, visando as eleições municipais do ano que vem. Na ocasião, no entanto, o PR não foi representado. A única presença do partido foi do vereador Lúcio Campelo que participou do encontro apenas enquanto parlamentar.

Sobre o encontro o deputado estadual frisou que não recebeu convite para participar da reunião e frisou que teria ido, caso recebesse o convite. Da mesma forma, já havia informado o líder de governo na casa, também do PR, o deputado José Bonifácio. “Se eu fosse convidado, eu teria ido”, disse.