Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Militar Ambiental (CIPAMA) multou, na última segunda-feira, 12, no município de Araguatins (TO), F.A. Campos por matar e comercializar animais silvestres sem autorização do órgão ambiental competente.

Os policiais militares ambientais chegaram ao local após receberem denúncia anônima de que havia pessoas comercializando animais silvestres abatidos no Povoado de Natal, município de Araguatins.

Ao chegar à residência do suspeito, o mesmo percebeu a chegada da fiscalização e saiu pelos fundos de sua residência correndo, tendo adentrado na vegetação e tomado rumo ignorado. Na ocasião, foram apreendidos 08 kg de carne de anta, 01 animal silvestre conhecido como cutia e 02 espingardas tipo bate-bucha.

Diante dos fatos, a documentação do evasor foi fornecida por sua esposa, que se encontrava na residência, e o mesmo foi multado em R$ 9 mil. As carcaças dos animais silvestres foram inutilizadas e as espingardas bate-buchas entregues à Delegacia de Polícia Civil de Araguatins, onde foram tomadas as providências cabíveis.

O comandante da CIPAMA, ten cel Félix Francisco dos Santos Neto, informou que os policiais militares ambientais estão empenhados em efetuar autuações dessa natureza, com o objetivo prevenir e reprimir a caça ilegal de animais silvestres, dentre outros crimes. (Ascom PM)