Polí­tica

Foto: Divulgação

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta segunda-feira, 19, o presidente da comissão provisória do PT de Palmas, Divino Mariozan, informou que ainda não recebeu nenhuma inscrição de chapa para concorrer nas eleições para o Diretório Metropolitano do Partido, no final de outubro. No entanto, mesmo sem ter ainda chapas inscritas, o presidente frisou que as movimentações começam a esquentar. O prazo para as inscrições de chapas vai até o dia 30 de setembro.

Essa situação é comum, de acordo com Mariozan. Normalmente os possíveis candidatos à direção do Partido esperam até o último dia para efetivar a inscrição de suas chapas. “O PT é um partido diferente. Os membros do Partido se reúnem entre si e depois vêem a possibilidade de montar a chapa”, completou.

Ainda neste mês, o vereador petista Milton Neris já havia informado ao Conexão Tocantins a intenção do grupo ligado ao prefeito Raul Filho (PT) em compor mesmo que seja a comissão provisória do Partido. De acordo com ele, nenhum membro do PT, do grupo de Raul fazia parte da direção metropolitana da legenda. “Nem eu, nem o prefeito Raul, nem a deputada Solange (Duailibe, primeira-dama de Palmas), fazemos parte desse grupo”, disse na ocasião.

Eleição 2012

A formação do Diretório Metropolitano do PT faz parte de um processo que tem como meta final as eleições municipais de 2012. E o PT está com inscrições abertas para pré-candidatos que visem chegar ao Paço Municipal de Palmas, segundo o presidente da comissão provisória do partido. Mariozan informou que a previsão é que a plenária estadual do PT se reúna no início do ano que vem para fechar um nome para a disputa municipal. “As inscrições estão abertas”, alertou.

Até o momento, de acordo com o deputado José Roberto Forzani (PT), o Partido possui três pré-candidatos, definidos na última plenária petista. Além dele próprio, estão inscritos o ex-candidato a deputado federal José Messias da Caixa e o ex-secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Eduardo Manzano.