Palmas

Foto: Fernando Alve

Com recurso de mais de R$ 1,4 milhão proveniente da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), recurso exclusivo do Município, a Prefeitura de Palmas está ampliando em mais de nove mil metros a rede de iluminação pública da cidade. Os postes de concreto da NS-02 e 04 deram lugar a postes de aço galvanizados, que além de trazer benefícios estéticos para a cidade trazem também economia, uma vez que a vida útil dos mesmos é superior a dos demais.

O investimento contempla a instalação no canteiro central de 225 novos postes, com formato inovador e já instalados desde a NS-02, próximo a feira da 304 Sul, entrando pela Avenida Palmas Brasil e subindo pela NS-04, altura da quadra 1.206 Sul. O recurso utilizado na obra não será destinado ao pagamento da mão-de-obra, uma vez que os trabalhadores empregados são servidores do município.

Segundo o diretor de Iluminação Pública do Município, Alcir Tavares Júnior, todos os postes já foram instalados e a metade da fiação já está concluída. “Nossa previsão é que até o final deste mês todas essas novas luminárias já estejam em funcionamento, com isso esses trechos serão iluminados adequadamente, pois instalada no canteiro central as luminárias iluminarão ambas as pistas e não apenas um delas”, destacou.

Alcir Tavares destaca ainda que as luminárias e postes que estão sendo substituídos serão reutilizados pela Diretoria Municipal de Iluminação Pública em outros locais da Capital de acordo com a necessidade. “Mesmo com recursos escassos, a população percebe que a Prefeitura está sempre trabalhando para que a cidade fique cada dia mais bonita”, acrescentou.

Cosip

Com respaldo na Constituição Federal, a Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), em Palmas, é arrecadada de cada contribuinte por meio da cobrança mensal da conta de luz e proporcional ao consumo. A maior parte do valor arrecado é destinada ao pagamento da conta de iluminação pública, os valores restantes a Prefeitura investe na manutenção e ampliação da iluminação da Capital. (Ascop)