Turismo & Lazer

Foto: Divulgação

Aurora do Tocantins, município situado na região Sudeste do Tocantins, a 535 km de Palmas, oferece belos atrativos turísticos. Dentre eles estão o menor rio do Brasil, o Azuis; Balneário Douradas; Fazenda Mangueiral; Estância Jaqueline e 226 cavernas identificadas. Os turistas podem se deliciar com o frango caipira, a carne de sol e o arroz com pequi, cardápio típico da região. O prefeito da cidade, Adnélio da Costa Torres argumentou que o turismo precisa ser mais bem explorado, começando pela infraestrutura, porque pode vir a ser uma das principais fontes de renda do município. “Nossa riquezas naturais são invejáveis. Consideramos o Azuis, por exemplo, uma pérola do Tocantins e que é motivo de orgulho para todos os tocantinenses”, disse.

O município é ladeado por serras e cavernas, que são formações rochosas de calcário dolomítico e calcístico. As elevações fazem com que o sol da manhã apareça mais tarde, embelezando o cenário matutino do lugar que, por isso, ao se tornar município, recebeu o nome de Aurora.

Rio Azuis

É considerado rio por ter a extensão de 143 metros e derramar 0,5 m³ (metros cúbicos) de água por segundo. Supõe-se que a água do Azuis, totalmente cristalina, vem de uma caverna. De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Turismo de Aurora, Anselmo Rodrigues, o Azuis é a ressurgência de uma caverna. O Menor Rio do País, segundo o Guinness Book (Livro dos Recordes), desemboca no Rio Sobrado, já na divisa com o município de Taguatinga. O Rio fica a 16 km de Aurora do Tocantins, às margens da Rodovia TO-010.

A água é mineral, mas levemente salobra. Para a comercialização é necessário a aplicação de produtos, o que encarece o produto.

O Povoado dos Azuis, onde está localizado o Rio, dispõe de toda a infraestrutura para atender os visitantes, como posto médico, banheiros construídos, restaurantes, pousada, saneamento básico, asfalto, campo de futebol e estacionamento.

Cavernas

Das 226 cavernas identificadas, 14 estão topografadas, e 112 cadastradas na Sociedade Brasileira de Espeliologia (SBE). A Gruta do Sabiá é uma das cavernas que fica dentro da cidade. É encantadora e esconde mistérios de milhares de anos. Dentro da gruta há sinais sólidos que permite aos espeleólogos (estudiosos das cavernas) afirmar que ali era mar.

Balneário Douradas

Com água límpida e gelada, areia fina e branca e corredeiras por toda a extensão do Rio Palmas e Sombra, o Balneário, que fica distante 12 km do município, atrai turistas do Tocantins, Goiás, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Distrito Federal, bem como dos Estados Unidos e da França. É visível a preservação ambiental, mesmo com a infraestrutura – banheiros, ducha, restaurante, quadras de vôlei e futebol de areia, lixeiras, iluminação, quiosques, churrasqueiras e acesso aos locais de banho, disponível aos visitantes. Formações rochosas ladeiam o Balneário.

Durante a alta temporada, no mês de julho, o lugar chega a receber cerca de 3 mil turistas, por final de semana.

O capim dourado também brota na região, mas não é comercializado.

Fazenda Mangueiral

Localizada a 10 km de Aurora, a fazenda atrai turistas de todas as partes por oferecer área de camping, natural. Trinta e dois pés de manga reunidos dão sombra e espaço para comportar cerca de 800 barracas de camping. Atualmente, os proprietários do lugar estão construindo uma casa com dois dormitórios com suíte e um salão com cantina, dois banheiros e depósito. O lugar, que é banhado pelo Rio Palmas e pela Cachoeira Ribeirão, disponibilizará, em breve, aos visitantes, churrasqueira e uma tirolesa (atividade esportiva que consiste em um cabo aéreo ancorado entre dois pontos, pelo qual o praticante se desloca através deroldanas).