Polí­tica

Foto: Divulgação

Para discutir a questão da divisão do Estado do Pará e criação do Estado do Carajás, o senador João Ribeiro (PR) recebeu nesta terça-feira, 11, em seu gabinete em Brasília o presidente do Comitê Municipal de São Geraldo (PA), Edimar Cesar. São Geraldo é a primeira cidade do Pará na divisa do Tocantins, próximo a Xambioá.

Segundo o líder comunitário do município paraense, o movimento de divisão do Estado ganha cada vez mais adeptos fora e dentro do Estado. No Pará, é quase consenso pois todos vêm a dificuldade com que vivem os paraenses da região sudeste. Longe da capital, a nossa região – onde está localizado o município de São Geraldo – é praticamente “esquecida” pelos órgãos do governo estadual, relatou Edimar.

João Ribeiro defende a criação de Carajás

Defensor da criação do novo Estado e amigo pessoal do prefeito de São Geraldo, Jorge Barros, o senador João Ribeiro acredita que a separação trará maior assistência do governo do Estado do Pará e vantagens para o Tocantins. Segundo João Ribeiro, ao lado de um Estado cuja população esteja melhor assistida, o Tocantins terá menos sobrecarga. “Ao invés dos paraenses procurarem os serviços hospitalares de Xambioá, Araguatins e Araguaina, no Tocantins, os paraenses passarão a buscar as especialidades nos hospitais da futura capital do novo Estado, exemplificou o senador tocantinense.

João Ribeiro diz que apóia o movimento pela criação do novo Estado, também porque confia nas ações e propostas defendidas por Jorge Barros e a Edimar Cesar. “Conheço o prefeito de São Geraldo (Jorge Barros) a mais de 20 anos e sei que tudo o que ele defende eu posso defender também”, testemunhou João Ribeiro. (Assessoria de Imprensa João Ribeiro)

Por: Redação

Tags: Estado do Carajás, João Ribeiro, xambioá