Economia

Após o curso de panificação, a Prefeitura de Colinas do Tocantins, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), vai oferecer também os cursos de confeitaria e salgadeiro, pedreiro, eletricista e encanador. De acordo com a secretária municipal de Assistência Social, Divina Herly Carvalho Santos, é muito importante a qualificação das pessoas no mercado de trabalho. “A gente vê novos espaços, novas pessoas capacitadas no mercado de trabalho e esta turma que concluiu agora o curso de panificação também vai fazer mais outros dois para complementar este primeiro que é o de confeitaria e de salgadeiro”, explicou.

Sobre os outros cursos na área de construção civil, a secretária comentou que é necessária esta capacitação na cidade. “Esse novo curso vai ajudar tanto as empresas como as pessoas, porque você vê hoje que no mercado de trabalho a gente não está conseguindo achar um pedreiro, um eletricista, até mesmo um enca nador, e com certeza com essas pessoas fazendo esse curso, automaticamente, no mercado de trabalho vai ter o seu emprego garantido”, ressaltou.

O consultor de mercado do Senai/TO, José Miguel Filho, falou sobre a realização dos cursos, em parceria com a Prefeitura de Colinas e com o Sindicato das Indústrias de Alimentação (SIA). “Há algum tempo vínhamos conversando, analisando a situação onde nós poderíamos começar a atuar e começamos com o curso de padeiro, que hoje estamos com quase 40 padeiros qualificados, e já temos outra proposta já aceita que em breve já vamos dar início na área da construção civil e também na área de panificação”, afirmou.

Ainda segundo Miguel Filho, Colinas é um município hoje que está agregando alguns empreendimentos e tem uma demanda muito grande nos próximos anos e que já começa a demandar no mercado de trabalho essa mão de obra. “E uma das preocupações do prefeito de Colinas é que esse pessoal esteja preparado para o merca do de trabalho local que seja aproveitado o pessoal daqui”, declarou. “Então, qual é o papel do Senai, junto com a prefeitura, preparar a mão de obra local para que possam ser absorvidas no mercado de trabalho”, concluiu.

A presidente do Sindicato das Indústrias de Alimentação do Tocantins, Claudizete Carneiro Santos, comentou que o setor de alimentação hoje é um campo, uma área que está crescendo bastante e precisa da formação de novos profissionais. “O trabalho do Sindicato é buscar a qualificação para que o mercado deslanch e. O mercado está carente e está crescendo e agora é a hora de novas oportunidades”, completou.

Para a doméstica Necy Alves Ferreira, que fez o curso de panificação, esta foi uma oportunidade de melhorar a sua vida profissional. “É uma oportunidade que a gente recebeu, eu trabalho de doméstica e a gente tá procurando uma coisa melhor. Com esse curso quem sabe arrumo uma coisa melhor”, disse.

Curso de panificação

O curso de panificação foi promovido pela Prefeitura de Colinas, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, em parceria com o Sindicato das Indústrias da Alimentação do Tocantins e Senai Tocantins. O curso teve a duração de 160 horas, divididos em aulas teóricas e práticas. Participaram do curso 37 alu nos, que foram divididos em duas turmas, uma no período vespertino (tarde) e outro à noite (noturno). Os alunos são moradores dos bairros Santa Rosa, Santa Maria, Alvorada e Santo Antônio. O objetivo do curso de panificação é de capacitar e qualificar a mão de obra na cidade. (Ascom Prefeitura de Colinas)