Polí­tica

Foto: Divulgação

O ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA) confirmou o nome de Agostinho Chaves como representante do Ministério no Estado. Agostinho de Oliveira Chaves assumiu provisoriamente o cargo de titular da Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário no Tocantins no último dia 04 de agosto. Hoje, com a presença do prefeito Raul Filho (PT) e do vereador Bismarque do Movimento (PT), o ministro Afonso Florence confirmou o nome de Agostinho com apoio do senador João Ribeiro.

A indicação do nome de Agostinho Chaves para a Delegacia do Ministério do Desenvolvimento Agrário no Tocantins foi feita pelos movimentos sociais do Estado, levada pelo vereador Bismarque. Agora endossado pelo senador João Ribeiro (PR) e pelo prefeito Raul Filho, Agostinho Chaves se diz confiante para exercer “plenamente a função”.

Raul Filho enfatizou ao ministro o perfil técnico de “eficiência e organização”, além de testemunhar o apoio político do Partido dos Trabalhadores do Tocantins à indicação do gestor.

João Ribeiro explicou ao ministro Afonso Florence que se apoiava "na forte capacidade de interlocução do vereador Bismarque junto aos movimentos sociais" e que uma “indicação dele, seguramente tem a representação política necessária para o cargo de representação do Ministério no Tocantins”. Além disto, "o perfil técnico de Agostinho Chaves o gabarita plenamente para o cargo", endossou o senador ao ministro Afonso Florence.

Curriculum

Agostinho Chaves é formado em Técnico Agrícola, pelo Instituto Técnico Federal de Araguatins, com curso superior em Gestão Ambiental pela Universidade Católica do Tocantins, em Palmas. Antes de assumir a Delegacia do MDA, Agostinho Chaves trabalhou por cinco anos na Cooperativa Coopter, de Palmas e por dois anos foi gerente de Fiscalização Ambiental da Prefeitura de Palmas na gestão de Raul Filho. Também atuou como extensionista rural e consultor em programas de apoio e assessoria técnica para agricultores familiares no Pará e no Tocantins por mais de dez anos.

Função

A Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário representa o Ministério junto ao governo do Estado e Municípios, além de atuar junto às Organizações Sociais. Cabe ao representante do MDA a fiscalização dos programas do Ministério no Estado: especialmente o Agricultura Familiar (Pronaf), Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e na Reforma Agrária (Pronater), Crédito Fundiário (PNCF), de Produção e Uso do Biodiesel, Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR), Territórios da Cidadania, Plano Safra e Brasil Sem Miséria Rural.

Meu objetivo final é fortalecer a agricultura familiar no Tocantins e cuidar para que a política de reforma agrária seja plenamente implantada no Estado, resumiu o novo delegado do MDA. "Meu compromisso é com o Governo Federal e com a agricultura familiar" disse Agostinho para o ministro. (Ascom João Ribeiro)