Saúde

Foto: Marcos Vinícius Técnica da Dengue faz demonstração do exame da prova do laço Técnica da Dengue faz demonstração do exame da prova do laço

Especialistas da Área Técnica da Dengue, da Secretaria Municipal da Saúde de Palmas (Semus) vão capacitar médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem, do Hospital Geral de Palmas (HGP), para procedimentos adequados, com pacientes suspeitos de dengue. O treinamento inicia nesta segunda-feira, dia 7, às 10 horas, nas dependências do HGP, na Capital.

Segundo Renata Peres Chaves, responsável pela Área Técnica da Dengue, os profissionais de saúde do HGP serão treinados em manejo clínico e conduta adequada com pacientes suspeitos de dengue, durante o atendimento hospitalar, no Pronto Socorro e nas Unidades de Terapia Intensivas (UTI) Adulta e Pediátrica.

Tratamento adequado

Serão, ao todo, três dias consecutivos de capacitação, de 7 à 9 de outubro, nos períodos matutino, vespertino e noturno, com turmas distintas, para atingir o máximo de profissionais. "Vamos orientar médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem, para que se habilitem quanto ao diagnóstico precoce da doença e todos os procedimentos de conduta, para com as pessoas que apresentem sintomas da dengue”, explica a especialista.

Evitar agravamento

De acordo com Renata Peres, o objetivo do treinamento é evitar o agravamento do quadro clínico da doença e o óbito. “Se diagnosticarmos a dengue, em sua fase inicial, podemos adotar condutas que impeçam a evolução dos sintomas e consequentemente, o óbito do paciente. A dengue é uma doença perigosa que mata, mas, pode ser curada, se descoberta em tempo e tratada adequadamente”, assegura Renata.

Treinamento para todos

Na rede hospitalar, já passaram por essa capacitação, profissionais da saúde do Hospital Infantil e em breve, será a vez do Hospital Dona Regina. “A determinação do secretário Samuel Bonilha é que todos sejam treinados, inclusive, profissionais da rede privada”, acrescenta Renata Chaves.

Números

Em Palmas, foram confirmados, em 2011, 4.709 casos de dengue, sendo 25 diagnosticados como casos graves e 02 óbitos. (Ascom Semus)