Geral

Mais de 870 veículos abordados, 79 autos de infrações lavrados e 43 apreensões e remoções. Este é o resultado parcial de mais uma ação conjunta da Operação Trânsito Seguro, realizada nesta quinta-feira, 3, nas principais cidades do Estado, pelo Detran-TO, Polícia Militar e Secretaria da Fazenda.

Só em Palmas foram abordados mais de 400 veículos, destes 109 motocicletas. Somando um total de 40 autos lavrados, com 23 apreensões e remoções, duas Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e 19 Registros de Licenciamento de Veículo (CRLV) recolhidos.

A ação aconteceu simultaneamente em vários municípios, nos períodos da manhã e tarde. Durantes as abordagens foram fiscalizados o estado de conservação e condições de uso do veículo, a documentação do condutor e do veículo e sua legalidade para locomoção, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Os veículos removidos infringiram os artigos 230 e 232 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Em Palmas as blitz aconteceram nas avenidas NS 02, NS 04 e na Avenida Tocantins, entre os Aurenys I e III.

As blitz da Operação Trânsito Seguro estão acontecendo desde o dia 25 de outubro simultaneamente em todo o Estado. É uma ação contínua com o objetivo de sensibilizar o cidadão para a redução do número de acidentes, e o cumprimento das obrigações legais quanto à documentação dos condutores e do veículo, diminuindo a inadimplência quanto ao IPVA e licenciamento do veículo.

Dos infratores

De acordo com o Manual de Brasileiro de Fiscalização de Trânsito, aprovado pela Resolução 371 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o infrator abordado nas blitzen de trânsito deve ser autuado pelos agentes fiscalizadores, ficando sujeito a medidas administrativas, podendo ter seu veículo retido ou removido e o Certificado de Licenciamento Anual (CLA/CRLV) e o documento de habilitação do condutor recolhidos. (Ascom Detran)