Campo

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Colinas do Tocantins, por meio das secretarias municipais de Assistência Social e Desenvolvimento Econômico, promoveu uma reunião com os beneficiários do Programa Lavoura Comunitária, nesta terça-feira, no auditório do Sebrae/TO. A reunião teve como objetivo definir qual seria a plantação da próxima safra: arroz, milho ou feijão. Além de informar o início do cadastramento para os beneficiários.

Durante a reunião, o técnico agrícola Gilson Rodrigues Vieira, e a secretária de Assistência Social do Município, Divina Herly de Carvalho Santos, orientaram os trabalhadores rurais qual a melhor opção para a safra seguinte. Os beneficiários optaram pelo plantio do feijão.

O técnico agrícola informou a todos que a terra será preparada para o plantio, sendo que o feijão será plantado no final de fevereiro para início março, com previsão de colheita no prazo de 75 dias. Por meio do Programa Lavoura Comunitária, os trabalhadores rurais cadastrados recebem do Município as sementes, adubo e a terra preparada para o plantio.

Enquanto a terra é preparada, os beneficiários devem realizar o cadastramento na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e também fazer o contrato. Os trabalhadores rurais devem procurar a sede da secretaria, localizada na Rua Delson da Fonseca, nº 1430, Centro, para fazer o cadastramento e assinar o contrato, até o mês de janeiro de 2012.

A área escolhida fica em Martinópolis, a 23 quilômetros de Colinas, com 38,2 hectares. A expectativa é de produzir cerca de 600kg de feijão por hectare. Cada família recebe cerca de 6 mil hectares para a sua produção. Um total de 63 beneficiários participal do Programa. O Município fica com 25% da produção, que é encaminhada para programas de assistência social da cidade.

Esteve também na reunião, a diretora de Indústria e Comércio de Colinas, Carmina Martins de Sousa Rocha. (Ascom prefeitura de Colinas)