Palmas

Foto: Divulgação

O prefeito de Palmas, Raul Filho (PT), protocolou na Câmara de Palmas o pedido de afastamento da prefeitura por 15 dias a partir do dia 23 deste mês de janeiro. Conforme informou o líder do prefeito na Casa de leis, Milton Neris (PR), o prefeito viajará aos Estados Unidos.

A viagem é por motivos particulares e como prevê a lei orgânica do município é preciso que o gestor peça deliberação da Câmara sobre o assunto. Na ausência de Raul, a vice-prefeita e pré-candidata as eleições deste ano na capital, Edna Agnolin (PDT) assumirá o Paço.

O pedido de Raul já foi lido em plenário e deverá ser analisado nas Comissões ainda nesta quarta-feira, 11. A votação está prevista para a próxima terça-feira, 17, quando acontecerá uma nova reunião para discutir as alterações no plano diretor da cidade e logo em seguida uma nova sessão extra para deliberar também outros projetos do Executivo.

Eleições

O líder do prefeito negou que o afastamento vá beneficiar politicamente a vice Edna Agnolin. “Não tem nada a ver com política, o prefeito vai se afastar e a vice assumirá, ela é parte dessa gestão. Não vejo benefícios políticos com isso, não tem nada a ver”, salientou.