Polí­tica

Foto: Divulgação

Lideranças do grupo de partidos da base do governador Siqueira Campos (PSDB) em Gurupi tem afirmado que não haverá divisão para as eleições deste ano. O vereador e líder do PV no município, Jonas Barros comentando o assunto ao Conexão Tocantins nesta terça-feira, 14, garantiu que já foi acordado que o grupo permanecerá unido.

A maior dúvida com relação ao PR.O prefeito da cidade, Alexandre Abdalla já afirmou ao Conexão Tocantins que não vai permitir racha entre o partido e o grupo do governador da cidade. “O PR é um partido que vai estar agregado com partidos da base de Siqueira Campos, aqui em Gurupi a situação é diferente”, frisou o vereador Jonas.

O PR mantém o nome da ex-primeira-dama Goiaciara Cruz como candidata que concorre com o empresário Oswaldo Stivall do PSDB. Os dois no entanto estão em constante conversa e articulações para a definição sobre o candidato do gripo. “Os dois nomes são vistos com bons olhos. Eles estão conversando entre si e vão conversar também com os outros partidos da base”, disse Jonas.

O PV em Gurupi informou que vai apoiar o nome de consenso do grupo do governador. "Vamos fazer uma grande coligação", disse.

O vereador porém criticou a postura do presidente regional do PSB e pré-candidato a prefeito na cidade pelo PSB, Laurez Moreira com relação a outras legendas.

Segundo Jonas, Laurez não tem a simpatia do grupo de partidos do governador do município mas estaria tentando através de lideranças de Palmas conseguir o apoio do PV em Gurupi. “Nós não vamos permitir ele negociar o PV como moeda de troco”, pontuou o vereador. O deputado Laurez já foi questionado pelo Conexão Tocantins sobre esse assunto mas negou qualquer tentativa de emplacar uma aliança em Palmas para obter apoio de governistas em Gurupi.

Jonas questionou ainda a destinação de emendas por parte de Laurez para Gurupi e também uma possível cogitação para que a deputada Josi Nunes seja vice do deputado federal em sua campanha.