Cursos & Concursos

Foto: Divulgação

Nesta terça-feira, 6, a Comissão do Certame do Quadro Geral da Secretaria Estadual da Administração – Secad começa a elaborar o edital do certame, segundo estabelecido pelo Cronograma. A publicação no Diário Oficial deverá acontecer no máximo até dia 10 deste mês.

No edital será finalmente conhecido quantitativo de vagas que o novo certame deve oferecer já que a secretaria ainda não adiantou essa informação. Sindicatos e a comissão de concurseiros que acompanham os trâmites do certame temem porém que os prazos não sejam cumpridos já que a empresa que será responsável pela elaboração do certame ainda não foi escolhida pelo governo. O processo licitatório está em andamento.

Segundo informou a Secad ao Conexão Tocantins nesta terça-feira a perspectiva principal é de cumprir os prazos e sendo assim a escolha da empresa não deve adiar o prazo para elaboração do edital, segundo a Assessoria de Comunicação.

As empresas habilitadas para fazer o certame são a Assessoria em Organização em Concursos Públicos, de Maringá / PR; Consultoria e Planejamento em Empresas Públicas (Consulplan) de Muriaé / PA; Instituto Ludus, de Teresina / PI e Instituto Dados e Imagem, de Goiânia / GO.

Na Assembleia Legislativa o certame também é alvo de repercussão.O deputado Sargento Aragão por exemplo questionou a ausência de empresas renomadas para se habilitarem para realizar o certame. O concurso já tem R$ 60 mil inscritos.

Cronograma

O período de inscrições vai de 13 a 22 de março. De 21 a 23 de março acontecerá a publicação das inscrições deferidas; o prazo para recurso das inscrições indeferidas; o julgamento dos recursos; e a publicação final das inscrições indeferidas. A Organização e logística de aplicação das provas será de 23 de março a 14 de abril. A realização das provas e a homologação devem acontecer no máximo até o mês de junho.