Estado

Foto: Divulgação

No município de Gurupi, sul do estado, estaria acontecendo o monopólio da Cínica Habilitar no que diz respeito á realização de exames médicos e psicotécnicos para retirada da carteira de habilitação. O fato estaria gerando insatisfação de proprietários de outras clínicas do município e provocou inclusive reação do vereador da cidade, Jonas Barros (PV).

Nesta segunda-feira, 26, Jonas frisou ao Conexão Tocantins que vai apresentar um requerimento e ofício pedindo ao Diretor Geral do Detran, Julio César Mamede o descredenciamento da Clínica. “É um absurdo essa situação. Isso é um monopólio que não podemos permitir”, afirmou.

Segundo o vereador a Clínica é beneficiada pelas auto-escolas da cidade que estariam fazendo pacotes promocionais indicando só a “Habilitar” para realização dos exames. A empresa, segundo o vereador, tem apenas quatro meses de funcionamento enquanto outras clínicas tradicionais da cidade estão sofrendo esvaziamento.

Barros diz não saber se o Detran tem conhecimento da situação na cidade. “Isso é proibido, é crime e vou pedir que essa empresa seja descredenciada”, reafirmou.

Segundo informações, o suposto monopólio seria motivado pelo presidente da Associação das Auto-escolas e Condutores de Gurupi, Márcio Rodrigues Rocha. A clínica estaria no nome de um parente do presidente da Associação. O Conexão Tocantins tentou contato com Márcio mas não obteve sucesso até o fechamento desta matéria. O espaço continua aberto para o presidente se pronunciar sobre o assunto.