Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), Manoel Silvino (PR) representou todos os prefeitos da região norte na cerimônia de anúncio do resultado da seleção de propostas do programa do governo federal, Minha Casa Minha Vida 2, que aconteceu, nesta quinta-feira, 12, no Hotel Royal Tulip Brasília Alvorada, na presença da presidenta da República, Dilma Rousseff. Silvino foi chamado no palco, cumprimentado por Dilma e citado pela presidenta em seu discurso. O prefeito de Tocantínia foi um dos cinco prefeitos escolhidos em todo o país, pelo Palácio do Planalto, para representar os prefeitos no evento de divulgação dos convênios do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2, devido ao trabalho desenvolvido por ele junto ao governo federal para o aumento do número de municípios do Tocantins a serem incluídos no Programa Minha Casa Minha Vida 2.

A articulação política do prefeito Silvino deu certo. O Tocantins teria inicialmente apenas 44 municípios integrados ao programa habitacional para a população de baixa renda, mas inconformado, Manoel Silvino usou toda a sua habilidade política e conseguiu colocar o Tocantins no topo dos municípios beneficiados da região norte. O Estado subiu de 44 para 116 municípios incluídos no Minha Casa Minha Vida 2, com 87% do total de cidades integrando o programa, chegando a 4.680 casas populares que serão construídas ainda este ano. Do total de cidades participantes do programa federal, Guaraí, Porto Nacional, Miracema e Tocantinópolis vão receber 50 casas, Combinado receberá 30 casas e o restante 40 casas, cada município.

Silvino ficou satisfeito com o resultado, explicando que no início de abril esteve em Brasília, no Palácio do Planalto, quando identificou a pequena quantidade de cidades tocantinenses beneficiadas no programa do governo e iniciou a partir desse momento uma maratona para aumentar a inclusão do Tocantins no Minha Casa Minha Vida 2. (Assessoria de Imprensa).