Saúde

Foto: Marcio Greick

O prédio onde funcionava a antiga Secretaria Municipal da Saúde de Porto Nacional, está sendo utilizado como depósito de animais mortos, infectados pelo calazar, onde são sacrificados e amontoados em sacos plásticos,durante dias, a céu aberto.

A sede, de propriedade do Governo Federal, (FUNASA) está interditada atualmente e também está sendo utilizada para depósito de carros deteriorados do Governo Federal, pneus velhos e matagal.

De acordo com a Assistente Social, Mayra Swyanne, sua casa faz divisa com órgão, e essa prática já vem acontecendo há tempos, sendo que já foi levado ao conhecimento do Secretário de Saúde e nenhuma providência foi tomada. “Sempre escutamos latidos de cachorros ai dentro, eles os sacrificam e deixamapodrecendo causando mau cheiro na vizinhança”, disse.

Dentro do prédio, o mato alto toma conta do local, o mau cheiro éinsuportável , sacos plásticos e luvas cirúrgicas são encontrados no local onde é feito o sacrifício dos animais.

De acordo com um funcionário do órgão que não quis se identificar o correto era levar os animais para o aterro, e fazer o procedimento de eutanásia, mas estão sendo sacrificados durante a semana e recolhidos só no final de semana, causando mau cheiro e risco à saúde dos moradores do Setor Aeroporto.

Por: Marcio Greick (Colaboração)

Tags: Funasa, Mayra Swyanne, Porto Nacional, Setor Aeroporto