Esporte

Foto: Divulgação

Para um profissional com tempo de carreira, ouvir e sentir a vibração de um ginásio lotado gritando pelo próprio nome é algo já natural. Já para um pequeno novato, isto é o ápice da alegria. Este sentimento foi vivido por alguns participantes dos Jogos Estudantis do Tocantins (Jets) em Dianópolis, e um deles foi Leonardo Carvalho Ramalho, estudante do 7º ano do Centro de Ensino Médio Antônio Póvoa, da cidade sede dos Jogos.

No alto de seu um pouco mais de 1.50m, Leonardo, que tem 12 anos, foi ovacionado pelo público que prestigiava a partida final de Futsal entre o CEM Antônio Póvoa e o Colégio Estadual Dr. Abner Araújo Pacini, de Almas, na categoria 12 a 14 anos, isto porque o pequeno atleta não se intimidou com a pressão que um jogo decisivo do tipo gera nos jogadores e abusou das jogadas de efeito, mas sempre com objetividade, o que ajudou sua equipe a conquistar o ouro na modalidade.

Com a tradicional marra simpática dos craques, o jogador esbanjou entendimento tático e confiança ao falar do jogo e dele próprio, revelando um sonho. “Nós vencemos porque jogamos em equipe, mas estamos com a marcação muito ruim, que dá espaços, e temos que treinar mais. Eu amo jogar bola, e ouvir todos gritando quando eu driblo ou faço um gol é muito emocionante. Desde mais novo todos dizem que jogo bem, e eu sei que jogo mesmo, por isto treino muito e espero virar jogador profissional um dia”, afirmou o pivô Léozinho, camisa 8, que foi erguido pela torcida durante a comemoração do título.

Amor regional

Campeão na categoria 15 a 17 anos na mesma modalidade contra a equipe do Colégio Estadual Professor Aureliano, de Taguatinga, Lucas Haniel da Silva Santos, goleiro e capitão do time da unidade Abner Pacini, de Almas, demonstrava felicidade por ter representado bem o município de onde vem, que, segundo ele afirma, respira futebol. “É uma honra ter me destacado naquele esporte que é amado por todos da minha cidade. Em Almas, o povo vive o futebol o tempo todo, e o time buscou trazer isto para dentro de quadra, por isto vencemos. Nós fomos campeões sub-18 de futebol de campo no ano passado, agora fomos campeões nos Jets daqui; só nos resta vencer em Palmas e buscar o mesmo na etapa nacional (Olimpíadas Escolares). O futebol está crescendo em Almas, e nós estamos crescendo junto com ele também”, filosofou o jovem de 17 anos, que cursa o 2º ano do Ensino Médio e comandou a corrente de oração do time após o término da partida.

Outros resultados

Além do CEM Antônio Póvoa, de Dianópolis, e do Colégio Estadual Dr. Abner Araújo Pacini, de Almas, que já garantiram vaga na etapa estadual dos Jets, a ocorrer em Palmas durante o mês de julho, também conquistaram esta condição, de acordo com as modalidades coletivas e categorias, as seguintes unidades:

. Futsal feminino: Colégio Estadual João D’Abreu, de Dianópolis (12 a 14 anos e 15 a 17 anos);

. Voleibol feminino: Colégio Estadual Professor Aureliano, de Taguatinga (12 a 14 anos), e Colégio Estadual Dr. Abner Araújo Pacini, de Almas (15 a 17 anos);

. Voleibol masculino: Colégio Estadual João D’Abreu, de Dianópolis (15 a 17 anos);

. Handebol masculino: Colégio Estadual João D’Abreu, de Dianópolis (15 a 17 anos). (Ascom Seduc)