Polí­tica

Foto: Divulgação

O ex-governador e ex-deputado federal Moises Avelino (PMDB) que pretende ser candidato no município de Paraíso do Tocantins nas eleições de outubro busca uma aliança com o Democratas para composição na majoritária. “O DEM é um partido importante e estou aguardando uma conversa com o Damaso”, revelou Avelino ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira, 26. A definição está dependendo do presidente estadual do DEM, deputado estadual e líder do governador Siqueira Campos na Assembleia, Osíres Damaso.

Avelino tentava dialogar com o PTB na cidade, que tem á frente o deputado estadual José Geraldo, mas desistiu devido ao partido ter nomes que pretendem disputar como é o caso do vereador Virgílio Azevedo, oposição ao atual gestor Paulo Tavares do PR.

Avelino também é concorrente de Tavares, que tem indicado que vai buscar reeleição, frisou que tem respeitado os partidos que tem pré-candidatos lançados como é o caso do PR. Nesse sentido ele negou que tenha buscado conversas com o senador João Ribeiro, presidente estadual do PR, para cogitar a possibilidade de uma aliança. “O PR aqui está na mão do prefeito e eu não vou tentar conversar com o partido já que eles são meus concorrentes”, frisou.

O peemedebista comentou sobre as pesquisas que tem encomendado no município. “ A pesquisa traz o quadro de avaliação de acordo com o quadro dos candidatos mas eu estou satisfeito e todas que tenho visto estou liderando”, frisou. Na opinião de Avelino, quando as candidaturas forem confirmadas em junho o cenário estará mais claro.

A candidatura do ex-governador em Paraíso é uma das prioridades do PMDB que já declarou apoio total ao nome do modeba.