Polí­tica

Foto: Cedoc/O Jornal

Em Colinas do Tocantins as articulações políticas estão em torno dos três grupos formados na cidade com o intuito de disputar a prefeitura. O grupo dos 12 partidos que buscam uma alternativa para a cidade está se reunindo e conta com a participação do PR, PV, PSDB, PSL, PTB, PSB, PPS, DEM, PMDB, PTN e PRTB.

O PSD foi citado como integrante deste grupo mas segundo a ex-prefeita e pré-candidata Maria Helana Defavari informou ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira, 26, ela não foi convidada para nenhuma reunião.O presidente do partido no município, deputado Sandoval Cardoso também não teria sido convidado. “Nosso partido não estava nessa reunião, não fomos convidados. Já temos uma pré-candidatura”, reafirmou.

Maria Helena conta que há possibilidade de conversa com as legendas integrantes do grupo em busca de uma composição. A pré-candidatura de Maria Helena já tem apoio declarado do PP e do PRP, segundo a pré-candidata.

Alem de Maria Helena o filho do vice-governador,João Oliveira, Oliveira Andrade também argumenta que é pré-candidato na cidade como ele já afirmou ao Conexão Tocantins.

Comentando o assunto ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira o deputado Sandoval, que está atualmente à frente da Secretaria das Cidades, disse que Oliveirinha nunca comunicou ao partido sobre sua intenção de pleitear uma pré-candidatura majoritária. “Nunca houve essa conversa com o partido”, disse.

Sandoval defende veemente o nome de Maria Helena. “ As pesquisas tem mostrado que Maria Helena tem aceitação da população e o PSD vem fazendo esse trabalho de apoio ao nome dela. Vejo a pré-candidatura dela com bons olhos”, disse o deputado. Sobre a pré-candidatura de Oliveirinha, Maria Helena frisou que as pesquisas vão definir o melhor perfil para a disputa.