Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, após trabalho de investigação, prendeu no domingo, 06, Gilberto Batista Barros, 35 anos. O mesmo é acusado de ter abusado sexualmente de uma menina de 12 anos, no dia 30 de abril, no setor Bela Vista, na Capital. A Polícia Civil acredita que Gilberto tenha praticado outros abusos naquela região.

De acordo com as investigações, para pegar a vítima, o acusado cortou a cerca elétrica da residência onde a menina estava e posteriormente arrombou a porta do banheiro. No momento do crime, por volta das 19h30, a jovem estava sozinha na casa. O abuso foi cometido em um matagal próximo à residência.

Para o delegado que coordenou as investigações, Raimundo Claudio Batista, o acusado, conforme informações de testemunhas, pode ter cometido outros estupros. “Testemunhas afirmaram que há vários casos de estupro naquela região, entretanto as vítimas não registraram ocorrência na delegacia”, disse o delegado Claudio.

No fim da tarde desta segunda-feira, 07, a vítima reconheceu o acusado como sendo o autor do crime. O laudo de conjunção carnal da menor deve ficar pronto ainda esta semana.

Gilberto foi preso pela Polícia Civil mediante Mandado de Prisão. O mesmo cumpria pena por roubo, no regime semi-aberto, na Ursa de Palmas e está preso à disposição da Justiça, na Casa de Prisão Provisória de Palmas. (Com informações da Polícia Civil)