Polí­tica

Foto: Divulgação

Ao negar rumores de que o PDT já havia definido pela candidatura da vice-prefeita de Palmas, Edna Agnolin independente de alianças ou apoios de outras legendas, o presidente regional do partido, deputado federal Angelo Agnolin frisou ao Conexão Tocantins nesta terça-feira, 8, que o partido tem apostado cada dia mais no nome de Edna.

O PDT nacional, segundo apurou o Conexão Tocantins, deu garantia de que se Edna sair candidata dará todo o apoio logístico. “ Isso é verdade. O partido se dispôs a ajudar efetivamente”, confirmou Agnolin.

O partido reafirmou porém que mesmo com o reforço do PDT nacional continua no grupo de partidos da base do prefeito Raul Filho (PT). “Nós queremos disputar e conquistar a vaga dentro do grupo. O PDT não está se afastando do compromisso de estar com a candidatura mais viável”, salientou.

A intenção da legenda é ganhar o apoio dos outros partidos: PMDB, PT e PSB. “Temos muita segurança, respeitando é claro os outros partidos, de que Edna será a candidata mais competitiva”, pontuou Agnolin.

O grupo de Raul ainda não definiu data para escolher o candidato e os pré-candidatos trabalham para conseguir apoios e melhorar o desempenho nas pesquisas. Um dos pré-candidatos do PT e presidente do diretório da capital, Ivory de Lira afirmou que apesar da demora para a escolha o grupo está unido e ciente de que precisa estar unido para enfrentar o candidato do governo que possivelmente será o deputado estadual Marcelo Lelis (PV), à frente das pesquisas até o momento.