Palmas

Foto: Divulgação

A Secretaria da Saúde de Palmas (Semus) alerta os grupos alvos da campanha de vacinação contra a gripe influenza para procurarem as Unidades de Saúde da Família para se imunizarem. Fazem parte do público-alvo,idosos, com 60 anos ou mais; crianças de seis meses a menores de dois anos e gestantes de qualquer faixa etária.

De acordo com o secretário da Saúde de Palmas, Samuel Bonilha, poucas pessoas tomaram a vacina. “Apesar de todos os nossos esforços empreendidos, desde o início da campanha, inclusive com um sábado inteiro de dedicação exclusiva à vacinação, alcançamos menos de 20% da nossa meta que é de 80%. Por isso pedimos a população que atenda ao nosso chamamento e procure uma de nossas unidades” - frisa o secretário.

O perigo da gripe

Segundo Juliana Araújo de Souza, coordenadora Municipal de Imunização, a influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. “Apesar da maioria das pessoas infectadas se recuperarem dentro de uma a duas semanas, em crianças muito pequenas, idosos e portadores de quadros clínicos especiais, a infecção pode levar a formas clinicamente graves, pneumonias e até à morte” - alerta a coordenadora.

A gripe influenza é de elevada transmissibilidade, ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, contaminadas por secreções respiratórias.

“Os sintomas, muitas vezes, são semelhantes aos do resfriado, que se caracterizam pelo comprometimento das vias aéreas superiores, com congestão nasal, rinorreia, tosse, rouquidão, febre variável, mal-estar, mialgia e dor de cabeça” - explica Juliana Araújo. (Ascom Semus)