Polí­tica

Foto: Divulgação

Em Miracema o PSDB ainda não definiu quem será o pré-candidato do partido no pleito de outubro. O ex-vice-governador Raimundo Boi foi lançado na última semana mas enfrenta a resistência do vice-prefeito da cidade Alberane Borba (PSDB) que se mantém na disputa. “Eu não participei da reunião e nem desisti. Permaneço firme e forte e se possível vou até as convenções”, salientou Borba ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira, 17.

O diretório regional do PSDB já se manifestou dizendo que na cidade ainda não há definição. No entanto Boi, que foi secretário de Siqueira Campos neste governo e deixou o cargo após denúncias de nepotismo, tem apoio do atual prefeito da cidade, Júnior Evangelista que também é do PSDB.

A situação na cidade deverá ser levada até o governador Siqueira Campos depois que ele chegar de missão oficial da Espanha. O vice-prefeito diz que não pretende abrir mão para Raimundo Boi e argumenta ainda que conhece a cidade e está mais perto da população.

PR

O PR, como já informou o Conexão Tocantins, já escolheu Magda Borba como pré-candidata. O presidente municipal do partido na cidade, André Gomes salientou ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira,17, que a legenda não descarta composição com nenhum partido e que as convenções do partido será no dia 30 de junho. “O PR não é da base do prefeito no município mas somos da base do governo do Estado. Ajudamos a eleger o governador”, salientou o presidente.