Polí­tica

Foto: Divulgação

Em clima de emoção e reconhecimento foi realizada nesta quarta-feira, 22, sessão solene para a entrega de quatro Títulos de Cidadão Palmense aos senhores Tarcizo Jesus, João Mascarenhas, Júnior Batista, e Henrique Lázaro Lopes Cardoso que também recebeu a condecoração de “Empresário Pioneiro de Palmas”.

A ex-vereadora Maria da Balsa, autora de uma das homenagens, fez a entrega do título a Tarcizo Jesus. “A Câmara reconhece o que a sociedade já reconheceu. Alguns já tocantinenses de nascimento, mas todos são palmenses por opção ou de coração”.

As demais autorias são, respectivamente, dos vereadores José Lago Folha Filho (PTN) e Jucelino Rodrigues (PTC) e do ex-vereador Mário César, in memória. Folha destacou o empreendedorismo, a determinação e coragem “desses cidadãos que escolheram Palmas para viver e enfrentaram as dificuldades e contribuíram para construção da nossa Capital”, frisou.

Divina Márcia (PTN) afirmou ser um orgulho para os parlamentares conceder a maior honraria da Casa “a pessoas de tamanha grandeza”. “É com valoroso respeito que realizamos estas deferências por unanimidade”. Jucelino comentou sobre a importância e o merecimento de cada um dos condecorados. “A responsabilidade e compromisso de vocês foram a base da nossa consolidação”.

A vereadora Cirlene Pugliese (PMDB) também reafirmou que foi escolha dessas pessoas atravessarem tantas etapas e desafios. “Vocês são exemplos que e a força de vontade faz a diferença”. Já o democrata Fernando Rezende parabenizou às famílias dos homenageados e avaliou que todos que receberam o título “realmente prestaram relevantes serviços para comunidade de Palmas e contribuíram para o seu crescimento”.

O homenageado João Mascarenhas relatou trechos de sua vida profissional e política e citou o poeta Vinícius de Moraes para justificar que “a vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros pela vida”. Falou da época que sobrevoou a área escolhida para construção de Palmas e acredita que muitos são responsáveis pela consolidação da Capital. “Inventar cidades é inventar maneiras de se viver. O Tocantins, assim como Palmas, não é de homem, não é de uma mulher, somos todos nós.”, finalizou.

Ao agradecer a honraria, Henrique Lázaro disse que aqui em Palmas aprendeu o que dignidade, trabalho, amizade e amor. “Esta data entrou para história da minha vida, da minha família e dos meus funcionários. Aqui é o melhor lugar do mundo para se morar”, disse.

“Um dia de grande emoção, de grande honra e de grande prazer. Quero que saibam que é possível uma pessoa de origem humilde dar sua real contribuição para que uma sociedade seja mais justa. Tenho orgulho de ter lutado junto com o meu povo do Canela”, frisou Tarcizo Júnior . Ao finalizar, o professor Júnior Batista resumiu o seu agradecimento com a frase: “Vi, vivi e venci. Agora sim, posso dizer sou palmense de fato e de direito”.

Além do vereador Bismarque do Movimento (PT), empresários, amigos e familiares dos homenageados, além de autoridades como o ex-prefeito da Capital e escritor Odir Rocha e a presidente da Fundadão Cultural de Palmas, Kátia Maia, representando o prefeito Raul Filho (PT) também prestigiaram o evento.

Perfis

João Mascarenhas

Natural de Pires do Rio, Goiás, e formado em Teologia, pela Faculdade Teológica Batista Central, João Mascarenhas começou a se interessar por política em meados da década de 80, quando fundou o Partido da Frente Liberal, antigo PFL. Participou de várias reuniões em Goiânia, onde se discutia o futuro do então Norte Goiano. Em 1986, como parlamentar constituinte e como líder do governo foi o deputado constituinte que mais teve emendas apresentadas e aprovadas à Constituição Federal. Entrou para o mundo da radiocomunicação, João Mascarenhas, é radialista e comanda o programa Instrumental Brasil na Rádio Câmara, no Congresso Nacional.

Henrique Lázaro

O empresário e proprietário da frota Fragata Lava-jato, Henrique Lázaro, chegou a Palmas em 1990, sendo um dos pioneiros que participou ativamente do desenvolvimento do Tocantins e da Capital. Foi presidente do clube Palmas Futebol e Regatas e foi dono do primeiro lava-jato da Capital. Premiado com o título de empresário pioneiro pela Acipa (Associação Comercial e Industrial de Palmas) em 2000, Henrique é formado em Ciências Políticas e Administração de Empresas.

Júnior Batista

Autor de obras referências para vestibulares e concursos, o professor de ensino médio, pré-vestibular e universitário Júnior Bandeira é de Martins (RN). Licenciado e bacharel em Geografia, especialista em História e Geografia Regional, especialista em Tecnologia da Educação, professor Honoris Causa, membro da Acadêmia Palmense de Letras e pesquisador em áreas econômicas, geográficas, sociais, demográficas e culturais. Alguns de seus livros publicados são: Palmas: sua história, trajetória e conquistas; Tocantins: história e geografia; Cerrado: nosso bioma, nossa riqueza e Tocantins: história e geografia, questões de vestibulares e concursos.

Tarcizo Jesus

Tocantinense de Porto Nacional, morou na região do Canela até a formação do lago da Usina Hidrelétrica de Lajeado. Atuou como coordenador, secretário e diretor da Escola Municipal Daniel Batista, no período de 93 a 2000. Sempre engajado com esporte fundou, em 91, a Sociedade Esportiva Canela, atualmente o Palmas Futebol e Regatas, e, em 2002, o Projeto Esportivo Arne 64. O projeto atende 160 alunos na faixa etária entre 5 e 18 anos e conquistou 38 títulos em competições esportivas, tornando-se uma referência estadual.(Patrícia Sampaio)