Polí­tica

Foto: Divulgação

O quadro da sucessão em Porto Nacional, a 60 km de Palmas, ainda está em definição mas os principais pré-candidatos correm contra o tempo na tentativa de consolidar as alianças.

O PMDB já frisou que não abre mão de lançar a candidatura do ex-prefeito de Ponte Altam Cleiton Maia que deixou a prefeitura da cidade para disputar em Porto. Maia tem o apoio dos principais caciques do PMDB e frisou ao Conexão Tocantins nesta quinta-feira, 31, que o senador João Ribeiro, presidente do PR, já garantiu apoio para seu nome.

“Eu tenho o apoio do Marcelo Miranda, do Júnior Coimbra, do PMDB local e também do senador João Ribeiro”, disse. Na cidade o diretório do PR ainda não definiu apoio mas caminha para uma composição com o tucano Otoniel Andrade. Há a possibilidade de Ribeiro não apoiar a deliberação do partido no município caso continue mantendo a intenção de apoiar o nome do PMDB.

Por outro lado, Otoniel caminha para ser lançado como nome do governo na cidade. Ele já ganhou o apoio do Democratas, tenta conquistar o do PR e nos bastidoresa informação é que seu irmão, Toinho Andrade (PSD) já abriu mão da disputa para apoiá-lo. Toinho já teria inclusive confirmado a informação a vários aliados.

Cleiton Maia tenta formar uma aliança com o PT na cidadee contou que pretende procurar a prefeita Teresa Martins (PDT) e o ex-deputado Fábio Martins para buscar um possível entendimento para coligação. Teresa ainda não confirmou oficialmente se vai disputar reeleição mas o PDT estadual já informou através do presidente Angelo Agnolin que o partido não abre mão que a gestora entre na disputa.