Cultura

Foto: Divulgação

O coordenador de produção do Ballet Bolshoi, Diego Hernandez e o diretor administrativo da Orquestra Sinfônica de Teresina, Abiel Bonfim, se reuniram esta semana com o secretário de Educação do Estado, Danilo de Melo e a equipe organizadora da Feira Literária Internacional do Tocantins (Flit). O objetivo do encontro foi realizar visita técnica à Praça dos Girassóis para análise do espaço e adaptação da estrutura de palco que receberá as apresentações realizadas durante o evento.

Nesta edição, a Escola Bolshoi traz para a Flit um espetáculo completo, diferente do ano anterior, quando foram apresentados trechos de várias peças. A Grande Suíte do Ballet "Don Quixote" trarápara a Flit Estação Palmas, neste ano, 100 artistas, entre alunos, bailarinos e professores do Bolshoi. A versão coreográfica apresentada pela Escola é resultado do trabalho do bailarino e coreógrafo russo, Vladimir Vasiliev, eleito “bailarino do século” pela Unesco. Na versão adaptada, os protagonistas vivem uma intensa história de amor, heroísmo e ilusão, com marcantes traços hispânicos.

“Nossa proposta é usar toda a Praça, que por si só oferece um amplo espaço e belíssimo ambiente. Este ano, com um formato maior e mais completo de apresentação, esperamos que pelo menos 10 mil pessoas possam assistir”, explica Hernandez.

Pela primeira vez a Orquestra Sinfônica de Teresina irá se apresentar no Tocantins. Os mais de 65 músicos trarão para a Flit uma homenagem ao centenário de Luiz Gonzaga, com canções do artista nordestino, adaptadas à música erudita. “Nossa expectativa é muito positiva, e essa iniciativa da Secretaria de Educação de incentivar a formação de plateias é extremamente importante”, destacou Bonfim. (Ascom Seduc)