Polí­tica

Foto: Divulgação Eli Borges cobrou o prazo vencido de apreciação das contas Eli Borges cobrou o prazo vencido de apreciação das contas

Em entrevista concedida durante a suspensão da sessão ordinária da manhã desta quinta-feira, 14, o deputado Eli Borges (PMDB), pré-candidato à Prefeitura de Palmas, evitou comentar sobre as recentes movimentações dos partidos ditos oposição ao governador Siqueira Campos (PSDB) e da base do prefeito Raul Filho. O deputado, no entanto, se mostrou confiante, como sempre, em ser o nome escolhido para concorrer no pleito deste ano.

Quando questionado sobre sua opinião a respeito das informações de líderes ligados ao prefeito Raul Filho (PT), de que o gestor deve anunciar seu apoio à candidatura da deputada Luana Ribeiro (PR), Eli se limitou a informar que acredita que o grupo conseguirá unir todos os partidos de oposição ao governador. “É a única coisa que irei comentar”, disse.

Até o momento, uma gama de políticos já se colocou à disposição para enfrentar o pré-candidato governista, Marcelo Lelis (PV). O excesso de pré-candidatos, no entanto, tem gerado fortes debates e um certo desgaste entre os partidos que compõe a oposição e a chamada “terceira via”. Neste cenário, contudo, Eli Borges frisou que está “cada dia mais animado” com sua pré-candidatura.

O desgaste acabou atingindo a candidatura de Luana que chegou a ser limada pelo grupo liderado pelo PMDB. Deputados da dita oposição, chegaram a questionar o posicionamento da deputada quanto seu possível “racha” com o governo. Contudo, a proximidade entre o senador João Ribeiro (PR), pai de Luana, e o prefeito de Palmas, pode ser preponderante para a consolidação de sua candidatura.