Bastidores

Um articulação política nos bastidores nesta sexta-feira, 15, pode fazer com que a atual presidente estadual do PTN, Cinthia Ribeiro saia do cargo. A informação é de uma fonte do partido de Brasília.

A intenção do presidente nacional José de Abreu seria destituir o diretório estadual da legenda no Estado e empossar uma nova comissão. O senador João Ribeiro já estaria tentando resolver o impasse junto à cúpula nacional.

Segundo uma fonte importante relatou ao Conexão Tocantins, quando Ribeiro assumiu o partido fez uma série de compromissos com o presidente nacional e um deles seria a filiação de um deputado federal, o que não aconteceu. O partido sob o comando de Cinthia já foi alvo de várias polêmicas relacionadas a possíveis insatisfaçoes por parte de alguns filiados.

O ConexãoTocantins apurou a informação junto à cúpula nacional mas ainda não obteve confirmação sobre a possível saída de Cinthia. Membros do partido no Estado foram procurados mas não quiseram falar sobre o assunto.

O secretário geral do partido e vereador da capital,José do Lago Folha Filho também foi procurado pelo Conexão Tocantins mas não atendeu nenhuma das ligações.

Caso a articulação se concretize o partido pode voltar para as mãos de um aliado do governo estadual, como é o caso do ex-presidente Júnior Luiz, que em Palmas mesmo sendo do partido ajuda nas articulações em prol da candidatura do pevista Marcelo Lelis.

O PTN é um dos partidos que já declarou apoio à pré-candidatura de Luana Ribeiro do PR.

No entanto o senador pode conseguir um acordo com a nacional da legenda o que pode ter reflexo diretonas eleições da capital.