Polí­tica

Foto: Divulgação

A assessoria de Imprensa da deputada federal Dorinha Seabra Rezende informou em nota nesta sexta-feira, 15, que o recebimento da denúncia do Ministério Público Federal contra a parlamentar pelo Supremo Tribunal Federal significou apenas a oportunidade para que a deputada prove sua inocência, diante da inexistência de qualquer ilegalidade na sua gestão na Secretaria de Educação e Cultura do Estado do Tocantins.A denúncia foi aceita pela corte durante a sessão plenária desta quinta-feira, 14.

“No momento oportuno, a defesa da Deputada Dorinha apresentará nos autos as provas já existentes da legalidade na sua atuação na contratação em questão, que contou com pareceres técnicos e jurídicos, ficando à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos”, informou a assessoria.

O MPF apresentou denúncia contra a parlamentar apontando suposta contratação ilegal de uma empresa de comércio de livros.