Cultura

Dino Rocha, conhecido como Rei do Chamamé, fará uma apresentação na 15ª edição do Sonora Brasil, projeto do SESC que busca despertar o olhar crítico sobre as produções brasileiras e fomentar novos hábitos de apreciação musical. O evento será no dia 22 de junho, no Sesc Gurupi, a partir das 20h. No dia 23 de junho, será a vez da capital receber o artista, no Teatro Sesc Palmas.

Com o tema “Sotaques do Fole”, a apresentação musical conta com repertório baseado na música tradicional das regiões Centro-Oeste e Sul do Brasil. Ao som do acordeão, Dino Rocha e Grupo irão divulgar o Chamamé, ritmo folclórico argentino originado na província de Corrientes. Em sua origem se integram raízes culturais dos povos indígenas guaranis, dos exploradores espanhóis e até de imigrantes italianos.

Os violonistas Hugo Cesar e Tico Rocha, chamamezeiros com larga experiência como acompanhadores dos gêneros tradicionais da região, acompanham o acordeão de 120 baixos de Dino Rocha.

Rei do Chamamé

Conhecido como o “Rei do Chamamé”, Dino Rocha desenvolveu sua carreira apresentando o repertório da tradição musical local sempre preocupado com a preservação de suas características mais autênticas. Acordeonista, compositor e cantor, começou a tocar sanfona aos nove anos e, aos 16, se apresentava profissionalmente com seu primeiro grupo, Los 5 Nativos, da cidade sul-mato-grossense de Ponta-Porã.

Em sua carreira, apesar de ter tocado com músicos brasileiros consagrados na vertente popular, sempre privilegiou e permaneceu fiel às tradições da música regional, evitando, em sua interpretação e em suas composições, o uso de elementos musicais que pudessem modificar a essência e a pureza da tradição. (Ascom Sesc)