Polí­tica

Foto: Divulgação

Assim como outros líderes partidários, o deputado estadual José Geraldo de Melo Oliveira, presidente regional do PTB, informou que o mês de julho será dedicado a traçar os planos de governo e as estratégias de campanha para seus candidatos a prefeito e vereador em todo o Estado. De acordo com o deputado, o número exato de nomes que disputarão as eleições de 2012 ainda está sendo fechado e deve ser anunciado até o próximo dia 5 de julho. Mas ele antecipou que são, em média 20 candidatos a prefeito e 20 a vice-prefeito do partido.

José Geraldo informou ao Conexão Tocantins na manhã desta quarta-feira, 4, que irá recolher o PTB para traçar internamente suas metas e estratégias eleitorais. “Vamos para casa, fazer o planejamento, organizar uma metodologia clara de trabalho, o sistema de trabalho do partido, quem faz o que”, salientou.

O deputado confirmou que já está orientando previamente seus correligionários para a campanha eleitoral que deve começar efetivamente a partir de agosto. Segundo ele, a principal estratégia do partido, principalmente nas cidades pequenas, será o famoso “porta a porta”. “Nós vamos deixar para iniciar a campanha depois de iniciado o período de propaganda em rádio e televisão”, explicou.

DEM

Ainda durante a sessão de ontem, o presidente regional do Democratas, Osires Damaso, já havia informado que sua legenda também irá se recolher, durante o mês de julho, para traçar suas estratégias de campanha. “O mês de julho fica mais para organizar o partido para a campanha. Agora é ajudar os nossos candidatos pelo Estado”, completou.

Até o registro oficial das chapas no Tribunal Regional Eleitoral, contudo, o cenário poderá mudar e as candidaturas poderão ser alteradas. Prova disto é que em Palmas, a coligação do empresário Carlos Amastha (PP) ainda busca apoio de dois partidos para sua campanha, conforme explicou o candidato a vice, deputado Sargento Aragão (PPS).