Cultura

A Secretaria Estadual da Cultura com o apoio do Ministério da Cultura e Universidade Federal de Santa Catarina realiza o 13º Fórum Regional de Cultura, que acontece nesta, sexta-feira 13 de julho, na Sala Sinhozinho do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, às 20 horas, em Palmas. O evento integra a programação da Secult na Flit 2012 e dará continuidade ao circuito de Fóruns realizados em 12 municípios que ocorreram nos dois últimos meses nas Flits regionais.

O Fórum tem como intuito ouvir as demandas da área cultural de todo o Estado e construir juntamente com a sociedade e os agentes culturais o Plano Estadual de Cultura que será encaminhado à Assembleia Legislativa do Estado para ser transformado em Lei e por sua vez dará as diretrizes e metas para a gestão cultural para os próximos 10 anos, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Cultura.

A Secretária da Cultura Kátia Rocha fala da importância do Fórum e convida toda a sociedade para participar. “Este é um momento histórico em que a participação de todos é essencial para projetar metas e objetivos que deverão nortear a gestão de políticas culturais para os próximos 10 anos. Uma ação em que todos poderão dar sua contribuição política em um processo descentralizado e democrático” ressalta.

De acordo com o Articulador Institucional da Secult/Minc, Cláudio Nogueira após o Fórum a sociedade poderá participar deste processo por meio da consulta virtual “nela as pessoas que não tiveram acesso as reuniões presenciais podem continuar contribuindo apontando sugestões, metas e acrescentando algum ponto relevante de sua realidade local”, explica Nogueira ressaltando que cada região que foi realizada o Fórum tem sua própria página de consulta virtual disponível no site: http://www.cultura.to.gov.br

“Este é o momento de parar e pensar a cultura que queremos para esta e as próximas gerações do Estado do Tocantins”, finaliza Kátia Rocha conclamando a classe artística a participar.

O Fórum acontece nesta sexta, às 20 horas, na sala sinhozinho do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho.