Cultura

Foto: Emerson Silva

A Cia Contágius de Dança é a primeira companhia tocantinense a participar do Seminário Internacional de Dança de Brasília. Em sua 22ª edição, terá abertura de gala neste sábado, 14, às 21h, no Teatro Nacional. No domingo, 15, o grupo fará nova apresentação no palco alternativo do evento, com entrada aberta ao público.

A Contágius aproveita a participação neste evento para abrir a turnê nacional do espetáculo Sós e Nós, que festeja os 20 anos da companhia. Além de Brasília, estão confirmadas apresentações em Campo Grande - MT (20 e 21 de julho), Goiânia – GO (28 e 29 de julho), Imperatriz - MA (16 e 17 de agosto) e Cuiabá – MS (21 e 22 de agosto).

Além destas cidades, mais uma foi confirmada nesta semana: a convite da Prefeitura de Anápolis, a Contágius fará apresentação na quinta, 26, no Teatro Municipal.

A companhia realiza circulação estadual e nacional com recursos de dois editais: Funarte/ Klauss Vianna 2011, e o Prêmio Fernanda Montenegro 2011. O espetáculo conta ainda com apoio do Sesc, Fecomércio e prefeituras.

Espetáculo

Sós e Nós retrata, através da linguagem da Dança Contemporânea e da Dança-Teatro a condição humana no mundo contemporâneo, o homem e sua busca pelo amor e a expectativa de cada indivíduo quanto a sua relação consigo e com o outro. Sua base de criação são as poesias de dois ícones da literatura tocantinenses, José Gomes Sobrinho (in memoriam) e Tião Pinheiro.

A trilha musical e as poesias deste espetáculo eclético e de temática tão atual se transformam em uma tela, que através das coreografias e textos nos dizem o quanto essa busca é constante e inerente ao ser humano.

Sós e Nós tem direção geral e artística de Meire Maria Monteiro; coordenação executiva de Regina Reis; coreografias de Meire Maria e Liu Moreira; os bailarinos Liu Moreira, Gustavo Silvestre e Gabriel Cortês; criação cênica de Meire Maria; criação de luz de Francisco Lustosa e Mauro Guilherme; trilha sonora de J. Bulhões, com arranjo musical de Luiz Chaffin e participação especial (voz) da cantora Maria Eugênia; figurinos de Leila Miranda Muradás.

Contágius

A Cia Contágius de Dança nasceu em Palmas há 20 anos, pelas mãos da bailarina e coreógrafa carioca Meire Maria. Desde então, sua companhia montou 18 espetáculos, ajudou a formar plateia, descobriu talentos da dança no Estado.

Turnê nacional

14/07, Teatro Nacional, Brasília, 21h, durante Abertura de Gala do Seminário Internacional

de Dança

15/07, Palco alternativo do Seminário Internacional de Dança

20 e 21/07, Teatro Prosa\Sesc Horto, Campo Grande (MS)

26/07, Teatro Municipal de Anápolis/GO

28 e 29/07, Espaço Quasar, Goiânia

16 e 17/08, no Teatro Ferreira Gullar, Imperatriz (MA)

21 e 22/08, no Teatro Sesc Arsenal, Cuiabá (MT)

(Ascom Contágius)