Polí­tica

Após o primeiro debate entre os candidatos à Prefeitura de Palmas, os nomes considerados mais fortes avaliaram positivamente o encontro. Para os candidatos, as discussões, mesmo sendo em um curto espaço de tempo, foram em nível bom de ideias.

De acordo com o empresário Carlos Amastha (PP), o debate surpreendeu pelas ideias apresentadas pelos candidatos. Para Amastha, o ponto forte do encontro foi a proposta de quebra no monopólio do transporte coletivo da capital. “Falar quebra de monopólio do transporte coletivo é um sonho realizado. Resta saber se o candidato eleito conseguirá colocar em prática”, salientou.

O empresário ainda frisou que o espaço de tempo é muito curto para o desenvolvimento de um debate mais aprofundado sobre os problemas da capital. “Foram ideias muito interessantes, é uma discussão muito complexa que não cabe em duas horas de programa de TV”, completou.

Para a deputada Luana Ribeiro (PR), o debate foi extremamente positivo. A deputada salientou que conseguiu expor suas ideias durante o programa desta noite. Quando questionada sobre o nível das discussões, no entanto, Luana foi evasiva e esquivou-se da resposta. “Prefiro deixar para a população avaliar”, finalizou.

A imprensa procurou o deputado Marcelo Lelis (PV), líder nas pesquisas eleitorais, mas o candidato deixou o local do debate antes de falar com os repórteres presentes no Teatro Fernanda Montenegro, local do debate.