Polí­tica

Foto: Divulgação

O candidato a prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP), afirmou durante caminhada realizada nesta sexta-feira, 10, na avenida principal do Jardim Aureny III que é inadmissível que o bairro não tenha atenção e suporte do poder público. “Em nosso governo a região Sul será valorizada”, afirmou.  

Mais de 400 pessoas entre militantes e populares se juntaram ao candidato e seu vice, deputado Sargento Aragão (PPS), segundo informações de sua assessoria de imprensa.

Uma das propostas de Amastha para a região, apresentada ainda no debate televisivo ocorrido no último dia 02 de agosto, é a criação de uma subprefeitura no bairro que atenda não só o Aureny III, mas as outras quadras adjacentes. “Com essa sede administrativa própria vamos descentralizar os serviços e ações da administração, atendendo de forma mais rápida e eficaz o Sul de Palmas, que possui demandas próprias”.

Maria José da Silva, que reside no bairro há mais de 10 anos, destaca que são inúmeras as dificuldades enfrentadas pela população. “Não temos agências bancárias e não temos creches suficientes para nossas crianças que não estão estudando”, afirmou. E completou: “A pavimentação asfáltica é um sonho antigo da comunidade, uma promessa que nunca saiu do papel. Eles disseram que havia o dinheiro para a obra, mas continuamos na mesma situação, sem asfalto”.

Sobre a pavimentação asfáltica em Palmas, Amastha ressaltou que muito dinheiro foi gasto pavimentando quadras que hoje estão vazias. Ainda de acordo com ele, faltou planejamento e hoje setores como esses pagam um preço caro. “Existe a necessidade de uma política séria de desenvolvimento urbano que de agora pra frente, seja feito asfalto com qualidade, com mais tecnologia, bem fiscalizado”.

O líder comunitário Aldenir Cunha destacou que seu apoio é para Amastha. “Ele tem um projeto audacioso e é disso que a cidade esta precisando, de gente nova, que traga políticas públicas que realmente mudem a vida das pessoas”. (Assessoria de Imprensa)