Polí­cia

Foto: Divulgação

Em solenidade realizada na manhã desta sexta-feira, 31, no pátio do 22º Batalhão de Infantaria Motorizada, em Palmas, o delegado de polícia Wlademir Costa Oliveira, titular da Delegacia de Polícia de Araguatins, na região do Bico do Papagaio, foi homenageado pelo Exército Brasileiro com o recebimento  do diploma e da medalha do corpo de tropa. A honraria foi concedida ao delegado em virtude dos mais de dez anos que o mesmo serviu ao Exército Brasileiro na condição de sargento.

Instituída pelo decreto nº 5.166, de 3 de Agosto de 2004, a medalha Corpo de Tropa é concedida para premiar os militares do Exército, que por dedicação, abnegação e capacidade profissional, hajam prestado bons serviços em organizações militares de corpo de tropa do Exército Brasileiro por mais de dez, quinze ou vinte anos ininterruptos ou não. A medalha pode ser de ouro, prata ou bronze de acordo com a quantidade de anos de serviços que o militar tenha prestado.

Na oportunidade, o delegado  Wlademir, que foi homenageado com a medalha de bronze, falou sobre a importância de receber a condecoração. “A medalha que hora me é concedida, vem com grande significado, pois foram mais de dez anos junto aos companheiros que, com a mochila nas costas e o fuzil na mão, buscamos defender a pátria nos diversos rincões desse imenso Brasil. A Corpo de Tropa com passador de bronze, nesse momento vem com muito orgulho e lembrança dos companheiros que na caserna deixei, vem com gosto das noites frias do Rio Grande do Sul, vem com o sabor da selva Amazônica, vem com a alegria do meu Rio de Janeiro e demais regiões por onde passei”, disse.

Oliveira agradeceu ao coronel Martin, comandante do 22º BI “que nos acolheu de braços abertos e me deu a honra de receber de suas mãos essa tão importante medalha. Também sinto me honrado em  em pertencer a essa nova tropa chamada Polícia Civil que na pessoa do Dr. Carlos  Alberto Teixeira de Castro, titular da 10ª Delegacia de Polícia Regional, meu novo comandante, que me tem apoiado dioturnamente para cumprir a minha nova missão de defender a sociedade tocantinense”, disse.  

O comandante do 22º Batalhão de Infantaria do Exército, Coronel Martin também aproveitou a oportunidade e comentou o recebimento da medalha pelo delegado Wlademir. “Uma medalha representa muito para um militar porque o seu profissionalismo, dedicação e amor à pátria são os atributos necessários para ser agraciado com essa encomenda. Tenho que parabenizá-lo e faço votos que ele continue com esses atributos na Polícia Civil.

A solenidade foi presidida pelo comandante do 22º BI Coronel Martin e contou com a presença de autoridades civis e militares. Também prestigiaram o evento o secretário estadual da Segurança Pública, João Fonseca Coelho e o Comandante da Polícia Militar coronel Marielton Francisco dos Santos, que na ocasião, representou o governador do Estado.