Esporte

Foto: Reprodução SporTV Erro do juiz ao não marcar pênalti em Gaúcho mais uma vez prejudicou o Galo Erro do juiz ao não marcar pênalti em Gaúcho mais uma vez prejudicou o Galo

O meia-atacante Ronaldinho Gaúcho criticou a atuação do árbitro Sandro Meira Ricci, e o considerou “culpado” pelo empate por 1 a 1, com o Flamengo, na noite desta quarta-feira. O principal jogador atleticano, que não conseguiu nenhuma vitória nos dois confrontos com seu ex-clube, se disse “frustrado” pelo resultado final.

“Decepção, a gente planeja uma situação de jogo, sair muito forte, tentar fazer o gol de cara, aí aparece o lance de pênalti, o juiz não marca o pênalti, isso acaba frustrando e revoltando a gente em campo”, criticou Ronaldinho Gaúcho.

O meia-atacante atleticano reclamou de pênalti de Ibson em disputa de bola na área, no começo do primeiro tempo. Ronaldinho caiu na área, mas o juiz mandou seguir. Na reta final da primeira etapa, o time carioca marcou o gol da vitória parcial com Renato.

O meia-atacante se disse indignado com o erro do árbitro por não marcar o pênalti. “Tem a indignação por atrapalhar o resultado, por atrapalhar a tática de jogo da equipe, o juiz interferiu no jogo”, observou Ronaldinho. Segundo ele, um pênalti no início da partida poderia mudar a história do jogo.

Para Ronaldinho, Sandro Meira Ricci teve interferência direta no resultado da partida. “Frustrante, pois a gente tinha um planejamento para sair com a vitória e por um erro que não é das duas equipes você sai com empate”, observou.

Ronaldinho Gaúcho teve atuação discreta em campo, nesta quarta-feira, no Independência. O jogador “chamou” jogo para si, tentou deixar a sua marca e chegou a acertar a trave de Paulo Victor, em cobrança de falta, no segundo tempo, mas não conseguiu levar o Atlético a esperada vitória sobre o time carioca. Em jogo válido pelo primeiro turno, disputado em 26 de setembro, o time carioca venceu por 2 a 1, no Engenhão. (Fonte UOL)