Polí­cia

Foto: Divulgação
 

Policiais civis da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) Núcleo Sul e Deic Núcleo Norte, em ação conjunta com a Delegacia de Polícia de Colinas do Tocantins prenderam em flagrante na tarde de ontem, segunda-feira, 12, dois homens pelo crime de tráfico de drogas ao entrarem no Tocantins pela BR-153. Com eles os policiais apreenderam cinco tabletes de crack.

De acordo com a polícia, eles estavam num veículo Fiat Uno de cor branca e foram abordados por volta das quatro horas da tarde no posto fiscal da cidade de Talismã, divisa dos estados do Tocantins e Goiás. Após buscas no interior do veículo foram encontrados cinco tabletes de crack, pesando aproximadamente 1kg cada um, escondidos entre o acabamento da alavanca de câmbio e a lataria do carro.

A apreensão é fruto de mais de três meses de investigações realizadas pela Deic Núcleo Norte, sob o comando dos delegados Rafael Falcão e Mozart Félix, bem como pela Delegacia de Polícia de Colinas, comandada pelo Delegado Jétter Rodrigues.

As operações denominadas Santíssima Trindade e A Rede, respectivamente, culminaram na investigação de pessoas que saíam das cidades de Colinas e Araguaina para buscar grandes quantidades de drogas na fronteira do Brasil com o Paraguai e distribuí-las no Norte do Tocantins, bem como no Pará e Maranhão.

Em razão disso, os policiais passaram a monitorar tais pessoas e tomaram conhecimento de que Eduardo Almeida Carvalho, de 26 anos e Marcelo de Sá Santos, de 27 anos, foram até o Mato Grosso do Sul buscar grande quantidade de crack e que retornariam ao Tocantins na data de ontem.

De posse de tais informações, os policias civis da Deic Núcleo Norte e da DP de Colinas se deslocaram até a cidade de Gurupi - TO onde, com o total apoio da Deic Núcleo Sul, realizaram campana na divisa de Goiás e do Tocantins, logrando êxito em abordar o veículo com os criminosos e a droga.

Os dois acusados estão presos na Casa de Prisão Provisória de Gurupi à disposição do Poder Judiciário. (Ascom SSP)