Polí­tica

Foto: Divulgação

O  prefeito de Colinas José Santana Neto (PT), que foi reeleito no pleito deste ano foi absolvido no Tribunal Regional Eleitoral e sendo assim poderá ser diplomado para assumir mais um mandato a partir de 1º de janeiro. Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta quarta-feira, 14, após a decisão Santana disse que "foi uma vitória suada e justa". Foram três votos a favor e dois contra o recurso impetrado pelo prefeito.

“ Nós conseguimos a vitória naturalmente porque o assunto não tinha gravidade a ponto de interferir na eleição”, frisou afirmando que  os fatos foram esclarecidos. O prefeito agradeceu aos advogados que atuaram na causa. “ Foi um custo moral muito grande”, salientou.

Santana venceu a eleição na disputa com a ex-prefeita da cidade, Maria Helena Defavari do PSD quando teve 8.899 votos. “Esse desembaraço foi resolvido. O TRE é a última instância”, reforçou.

A cassação da candidatura de Santana e seu vice, Adriano Rabelo da Silva, na última segunda-feira, 20, foi resultado de uma Ação proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e julgada por Jacobine Leonardo. A acusação era que o candidato teria se utilizando da sua condição de prefeito para favorecer sua candidatura e obter vantagens na disputa. O questionamento era com relação à pintura de prédios públicos na cor vermelha, do partido de Santana.

Vários petistas acompanharam o julgamento no TRE. O PT elegeu 10 prefeitos no Estado.