Cultura

Foto: Divulgação

Desenvolvido pela Associação Amigos da Cultura e do Meio Ambiente, através do cineclube Canto das Artes, o projeto Cine Para Todos, acontece toda sexta feira e domingo nas praças Joaquim Maracaípe e Tarcisio Machado no distrito de Taquaruçu. O projeto foi aprovado no edital da FUNCULT, prêmio Santa Aires de incentivo ao cineclubismo tocantinense. Na programação, produções cinematográficas tocantinenses, filmes brasileiros e estrangeiros.

No dia 16, sexta, e no domingo, dia 18, o projeto Cine Para Todos exibe o longa-metragem “A Marvada Carne” e os curtas “Almoço Executivo” e “A nação de gente”.

O objetivo é levar o entretenimento para a comunidade do distrito de Taquaruçu, praças, escolas, possibilitando o acesso das pessoas a obras ficcionais e documentais do cinema, visando à formação de plateia com visão critica. Além de trabalhar também a formação de jovens cineclubistas, agentes multiplicadores da sétima arte.

O projeto vem sendo desenvolvido também na Escola Municipal Crispim Pereira de Alencar, com alunos da primeira fase do ensino fundamental, e no Colégio Estadual Duque de Caixas com os alunos do projeto EJA.

A estreia do projeto Cine Para Todos, aconteceu no dia 10 de agosto, na Praça Joaquim Maracaípe, Distrito de Taquaruçu.

Filme:

*“Almoço Executivo” – direção: Marina Person e Jorge Espírito Santo. Ficção. 14 minutos. Produzido em 1996.

Sinopse:

Cinco amigos se encontram para almoçar. Nada poderia ser mais corriqueiro. Mas por alguma razão, ninguém ficou para a sobremesa.

*“Uma nação de gente” – direção: Margarita Hernándes e Tibico Brasil – Documentário. 17 minutos. Produzido em 1999.

Sinopse:

 Um encontro de gerações, duas visões de um mesmo mundo. O cenário é o sertão cearense, uma das regiões mais secas e pobres do país. Os personagens são quatro vaqueiros dois jovens e pragmáticos; os outros dois veteranos e românticos. Eles nos falam com orgulho das tarefas mais simples  de seu cotidiano e questionam o destino de sua profissão.

*“A Marvada Carne” – direção: André Klotzei– Ficção. 80 minutos. Produzido em 1985.

Sinopse:

Nhô Quim vive lá nos cafundós em companhia do cachorro e da cabra de estimação. Aquela vidinha besta no meio do mato não dá pé ele resolve cair no mundo e procurar a solução para duas questões que o incomodam: arranjar uma boa moça para o casório e comr a tal carne de boi, um desejo que fica ruminando sem parar dentro dele. Nas suas andanças, Nhô Quim vai dar na casa do Nhô Totó, cuja  filha esta em conflito com Santo Antônio, que não anda colaborando para ela arranjar um bom marido. E logo Nhô Quim descobre que o pai da moça tem um boi reservado para a ocasião do casamento da filha. Será  este o momento para Nhô Quim realizar seus dois maiores desejos?