Estado

Foto: Divulgação

Todas as decisões aprovadas pelos servidores públicos, na Assembleia Geral Extraordinária Conjunta realizada no último dia 28, em Palmas, já foram comunicadas oficialmente ao Governo do Estado do Tocantins. No final da tarde da última quinta-feira, 29, os representantes das entidades classistas protocolaram dois ofícios, um na Secretaria Estadual da Administração (Secad) e outro no Palácio Araguaia, comunicando as deliberações da Assembleia. 

Na Secad, o ofício protocolado foi o de número 003/2012, endereçado ao secretário Lúcio Mascarenhas. E no Palácio Araguaia, o ofício foi o de número 004/2012, endereçado ao governador José Wilson Siqueira Campos.  

Os dois ofícios têm o mesmo teor e relatam às autoridades estaduais, que a proposta de pagar o índice de 5,57%, parcelado em duas vezes, com 2,75% em maio de 2013 e 2,75% em setembro de 2013, além de negociar o retroativo em maio e setembro de 2013, foi rejeitada pelos servidores públicos. Colocada em votação durante a assembleia, a proposta foi rejeitada por unanimidade pelos servidores públicos. Não houve votos favoráveis, nem abstenções. 

O ofício também comunica a contraproposta aprovada pelos servidores que pede o pagamento do índice de 5,57%, mais o retroativo, em parcela única no mês de janeiro. A paralisação do dia 06 de dezembro e a realização de uma nova Assembleia Geral Extraordinária Conjunta no dia 16 de janeiro também foram comunicadas, através do ofício.

Entidades

Assinaram os ofícios, as seguintes entidades: Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO); Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Tocantins (SINTRAS-TO); Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (SINTET – TO); Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Tocantins (SINDIFISCAL); Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Tocantins (SINDEPOL); Sindicado dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (SINPOL); Sindicato dos Profissionais em Enfermagem do Estado do Tocantins (SEET); Sindicato dos Cirurgiões Dentistas do Estado do Tocantins (SICIDETO); Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Tocantins – SINDIFATO; Sindicato dos Médicos do Tocantins (SIMED); Sindicato dos Peritos Oficiais do Estado do Tocantins (SINDIPERITO); Sindicato dos Profissionais em Educação Física no Tocantins (SINPEF-TO); Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins (SINDARE-TO).  (Ascom Sisepe)