Polí­tica

Foto: Divulgação

A senadora Kátia Abreu (PSD), presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA),  acompanha nesta segunda-feira, 4, em Cascavel  (Paraná), a presidente da República, Dilma Rousseff, na abertura da  25º Show Rural Copavel - Expo Cascavel.  Kátia integra a comitiva presidencial, na aeronave da Presidência da República, junto com a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffman, a convite da presidente. Dilma faz, ainda, nesta segunda, em Arapongas, também no Paraná,  o lançamento do Plano Nacional de Agroindustrias  da Reforma Agrária e a abertura de uma cooperativa que atenderá quatro mil assentados dos municípios de Arapongas, Apucarana, Londrina e Maringá, com o beneficiamento de 90 mil litros de leite por dia.

No último sábado, 2, a senadora Kátia Abreu, presidente da CNA,  assinou, no Palácio Araguaia,  juntamente com o governador Siqueira Campos  e os secretários de Agricultura, Jaime Café e do Meio Ambiente, Divaldo Rezende, protocolo de intenções com a  Empresa de Transformação Agrária (TRAGSA)  para a instalação de um Centro Internacional de Referência em Tecnologia de Irrigação e Agricultura de Baixo Carbono, que será instalado no Tocantins até o final do ano, O evento contou ainda com a participação do ministro da Agricultura, Alimentação e Meio Ambiente da Espanha, Miguel Arias Cañete.

Para a  Senadora, o centro de referência em irrigação vai dar suporte para se aumentar a área irrigada no Tocantins, hoje da ordem de 100 mil hectares, que poderá aumentar consideravelmente. Durante o evento, a senadora Kátia Abreu informou, por telefone, à presidente Dilma Rousseff, da importância do protocolo no projeto do governo federal de elevar nos próximos anos  a 5 milhões de hectares a área irrigada no país. “O Tocantins tem logística, energia, tem ferrovia, hidrovia, podemos dobrar a área irrigada nos próximos dez anos”, disse Kátia Abreu, destacando que com a irrigação os produtores podem produzir até três safras ao ano. (Assessoria de Imprensa Kátia Abreu)